V E S T I B U L A R UNIT


Mecatrônica é uma área de atuação multidisciplinar que integra as áreas de mecânica, eletroeletrônica e software, no projeto de sistemas automatizados, robótica, manufatura e controle de processos de uma maneira geral. É considerada por muitos especialistas como a “Profissão do Futuro”.

Assim com qualquer engenharia, o curso contém uma carga horária de disciplinas básicas e comum a todas as engenharias, como cálculo, física, química e desenho, por exemplo, bem como uma vasta carga horária de disciplinas profissionalizantes e específicas da mecatrônica, como eletrônica analógica e digital, sistemas embarcados, projeto de sistemas mecânicos, processos de manufatura, software e supervisórios, automação industrial, etc.

O curso se divide em disciplinas teóricas e práticas, onde as aulas práticas são desenvolvidas nos laboratórios específicos de cada subárea, permitindo que os alunos coloquem em prática aquilo que aprendem em sala de aula. O objetivo é formar e qualificar profissionais para atuarem no setor produtivo e de serviços, bem como no setor de pesquisa científica e tecnológica com foco no desenvolvimento de novos processos, produtos e serviços em estreita articulação com a indústria, comércio e com a sociedade como um todo.

DIFERENCIAIS DO CURSO

  1. Formação multidisciplinar;
  2. 1º Curso do Estado;
  3. Curso considerado como a “Profissão do Futuro”;
  4. Possibilidade de trabalhar em qualquer lugar do mundo;
  5. Grande demanda do mercado e pouca oferta de profissionais da área;
  6. Excelência na infraestrutura dos laboratórios específicos.

Nova call-to-action

Conheça nossa infraestrutura

Atualmente, há uma forte e crescente demanda por engenheiros multidisciplinares com competência em integração e desenvolvimento de sistemas mecânicos, eletrônicos e softwares, para vários setores, abrindo um vasto campo de atuação para o engenheiro mecatrônico. O engenheiro Mecatrônico formado pelo Centro Universitário Tiradentes – Unit, estará habilitado para atuar em indústrias, empresas de engenharia e de equipamentos industriais; empresas usuárias de processos mecânicos e eletroeletrônicos; empresas de consultoria na área da indústria; gerenciamento e controle de processos produtivos discretos, células flexíveis de manufatura; indústrias metal-mecânicas; instituições de ensino na área da engenharia, além do universo de outras atividades não vinculadas diretamente com a engenharia, mas que o engenheiro tem total condição de desenvolver, devido a sua capacidade de pensar analítica e sinteticamente para a resolução de problemas. Outra área de atuação desse profissional é a pesquisa aplicada, desenvolvida em institutos de pesquisa e em empresas, tanto no país como no exterior.

Atualmente, Alagoas possui 42 indústrias distribuídas nos setores de derivados da cana-de-açúcar, plástico e fábricas de beneficiamento de algodão e sisal, dentre outros. A iniciativa privada vem investindo aproximadamente R$ 4 bilhões, gerando cerca de 35 mil empregos diretos e 60 a 70 mil empregos indiretos. Ainda a nível estadual, vale a pena destacar a iniciativa da Secretaria de Estado da Ciência, da Tecnologia e da Inovação em criar o Polo Tecnológico da Informação, Comunicação e Serviços, cujos objetivos são “Incubar, fomentar e atrair empresas do setor de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC), de serviços especializados de engenharia e outras atividades de alto conteúdo tecnológico e alto valor agregado; Desenvolver novas tecnologias e promover a inovação através da geração e transmissão do conhecimento da academia para o setor produtivo; Integrar as iniciativas da academia, indústria e governo de forma a orientar as ações conjuntas na elaboração de políticas de TIC”. Para tanto, o polo visa “constituir um ecossistema de empresas de tecnologia, capazes de demandarem e fornecerem serviços de alto valor agregado, promovendo o desenvolvimento econômico do estado, gerando emprego e renda, além de reduzir a informalidade no setor.”

No contexto regional, merece destaque o Complexo Industrial Portuário Governador Eraldo Gueiros (SUAPE), em Pernambuco. “São mais de 100 empresas em operação, responsáveis por mais de 25 mil empregos diretos, e outras 50 em implantação. Entre elas, indústrias de produtos químicos, metal-mecânica, naval e logística, que vão fortalecer os polos de geração de energia, granéis líquidos e gases, alimentos e energia eólica, além de abrir espaços em outros segmentos como metal-mecânico, grãos e logística. Tudo isso somado supera os 40 bilhões de reais em investimentos, gera 15 mil novos empregos e mais de 40 mil empregos na construção civil.”

Estudar na Unit é estar à frente do seu tempo e almejar um futuro de muitas conquistas.

O profissional egresso do Curso de Bacharelado em Engenharia Mecatrônica do Centro Universitário Tiradentes – Unit em função de sua formação, ao concluir o curso, estará preparado para atuar como profissional liberal em qualquer nível de organização seja ela pública ou privada, de qualquer porte, podendo atuar em diversas áreas da indústria. Pode atuar desde o controle de processos até a automação de sistemas discretos e de transições discretas, linhas de montagens, projetos de otimização de produção; bem como, manutenção e geração de modelos de plantas e controle supervisório. Além disso, deve ser capaz de atuar de modo multidisciplinar nas áreas de mecânica, eletroeletrônica e software.

  • Projetar máquinas e produtos de operação autônoma.
  • Instalações industriais;
  • Processos computacionais;
  • Sistemas de controle automático de equipamentos, de microcontrole e micro processamento;
  • Professor.

Informações

Docente
Titulação Ingresso Regime Disciplinas Lattes
Ajibola Isau Badiru Doutor 01/08/2013 Integral
  • PRÁTICAS DE PESQUISA NA ÁREA DE ENGENHARIA;
Anayara Gomes dos Santos Mestre 03/02/2014 Horista
  • Cálculo I
André Luis da Rocha Lima Especialista 15/02/2016 Horista
  • AUTOMAÇÃO DE SISTEMAS
  • REDES E PROTOCOLOS INDUSTRIAIS
  • ACIONAMENTOS ELÉTRICOS
  • ACIONAMENTOS HIDRÁULICOS E PNEUMÁTICOS
  • INSTRUMENTAÇÃO
Antonio Ricardo Zaninelli do Nascimento Mestre 17/08/2015 Horista
  • CIRCUITOS ELÉTRICOS
  • ACIONAMENTOS ELÉTRICOS
Daniel Fontan Maia Da Cruz Mestre 08/03/2013 Parcial
  • LABORATÓRIO DE MECATRÔNICA I
  • ELETRÔNICA ANALÓGICA
  • ELETRÔNICA DIGITAL
  • PRÁTICAS DE ENGENHARIA MECATRÔNICA I e II
Davy de Medeiros Baia Doutor 01/02/2017 Parcial
  • INTELIGENCIA ARTIFICIAL
Dheiver Francisco Santos Doutor 01/09/2015 Parcial
  • RESISTÊNCIA DO MATERIAIS I
  • CALCULO NUMÉRICO
  • CÁLCULO II
  • GÁS NATURAL E ENERGIAS RENOVÁVEIS
  • TCC
Djair Félix da Silva Doutor 06/03/2014 Horista
  • FENÔMENOS DE TRANSPORTE I
Edilson Ponciano de Lima Especialista 15/04/2014 Parcial
  • LABORATÓRIO DE MECATRÔNICA I
  • AUTOMAÇÃO DE SISTEMAS
Fabiano dos Santos Brião Mestre 21/01/2013 Horista
  • Geometria Analítica
  • Métodos Estatísticos
Givanildo Santos da Silva Doutor 02/09/2013 Parcial
  • QUIMICA GERAL E INORGÂNICA
  • PRÁTICAS DE ENGENHARIA MECATRÔNICA IV
Isaac Nunes de Oliveira Especialista 16/03/2015 Horista
  • MODELAGEM DE SISTEMAS DINÂMICOS
  • MODELAGEM E SIMULAÇÃO DE SISTEMAS DISCRETOS
  • INTRODUÇÃO À ROBÓTICA
  • CONTROLE DE SISTEMAS LINEARES
  • PRÁTICAS DE ENGENHARIA MECATRÔNICA III
  • TCC
Jaceguai Soares da Silva Mestre 06/03/2014 Horista
  • CIÊNCIAS E TECNOLOGIA DOS MATERIAIS
Jailma Barros dos Santos Doutor 01/02/2016 Parcial
  • FENÔMENOS DE TRANSPORTE I
  • ESTÁGIO SUPERVISIONADO
Janaina Accordi Junkes Doutor 01/04/2014 Integral
  • CIÊNCIAS E TECNOLOGIA DOS MATERIAIS
José Moraes Gurgel Neto Mestre 15/08/2016 Parcial
  • ACIONAMENTOS ELÉTRICOS
  • AUTOMAÇÃO DE SISTEMAS
  • TCC
Josiclea Pereira Rogerio Doutor 01/02/2017 Horista
  • ENGENHARIA DE SUSTENTABILIDADE
Lívia de Cerqueira Angelo Mestre 18/01/2010 Horista
  • ENGENHARIA ECONÔMICA
Luzan Beiriz Gonçalves Mestre 15/01/2008 Horista
  • FILOSOFIA E CIDADANIA
Narcisia Leopoldina Cavalcanti Lordsleen Mestre 23/01/2012 Parcial
  • CRIATIVIDADE E INOVAÇÃO
Nívea Fernanda Correa Doutor 07/08/2014 Horista
  • FÍSICA MECÂNICA
  • FÍSICA ELÉTRICA E MAGNETISMO
  • FÍSICA DE ONDAS, TERMOLOGIA E ÓTICA
PATRÍCIA MONTEIRO VASCO DE ALMEIDA MESTRE 14/01/2008 PARCIAL
  • METODOLOGIA CIENTÍFICA
Paulo Henrique Gomes Silva Mestre 10/02/2014 Horista
  • LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO
  • TECNOLOGIA DE COMANDO NUMÉRICO
  • MICROCONTROLADORES E APLICAÇÕES
  • TCC
Paulo José Tenório Cavalcante Mestre 03/08/2015 Horista
  • ARQUITETURA E ORGANIZAÇÃO DE COMPUTADORES
Renata da Costa Barbosa Medeiros Mestre 02/05/2016 Horista
  • DESENHO TÉCNICO I
Roberto Jorge Vasconcelos Dos Santos Doutor 15/02/2016 Parcial
  • CALCULO III
Ronaldo Gomes Alvim Doutor 01/09/2014 Integral
  • PRÁTICAS DE EXTENSÃO NA ÁREA DE ENGENHARIA
Roseane Ferreira Rosalino Duarte Mestre 02/08/2010 Parcial
  • FUNDAMENTOS ANTROPOLÓGICOS E SOCIOLÓGICOS
Sandovânio Ferreira de Lima Doutor 15/02/2012 Parcial
  • QUIMICA GERAL E INORGÂNICA
Sérgio Ricardo Pereira Accioly Especialista 05/12/2007 Parcial
  • EMPREENDEDORISMO
Teófilo José Leite Alves Especialista 01/09/2016 Parcial
  • LABORATÓRIO DE MECATRÔNICA II;
  • PROCESSOS MECÂNICO
  • METROLOGIA INDUSTRIAL
  • ELEMENTOS DE MÁQUINAS E MECANISMOS
  • PRÁTICAS DE EXTENSÃO NA ÁREA DE ENGENHARIA
  • ESTÁGIO SUPERVISIONADO
Vivaldo Ferreira Chagas Especialista 06/03/2014 Horista
  • DESENHO TÉCNICO I e II
O curso tem como objetivo geral formar profissionais com sólida formação acadêmica, com competências e habilidades para atuar, isoladamente ou em equipe, em atividades relacionadas ao projeto, construção, operação e manutenção de máquinas e sistemas automatizados, além do desenvolvimento de sistemas embarcados, integração discreta, projeto de sistemas mecânicos, desenvolvimento de software e supervisórios para planejamento, programação, gerenciamento e controle de produção, desenvolvimento de produtos e sistemas robóticos industriais aplicados a processos de manufatura. Este profissional estará, ainda, habilitado para exercer funções em diferentes setores profissionais e para participar ativamente no desenvolvimento socioeconômico regional.

Objetivos Específicos

  • Contribuir na geração de recursos humanos especializados, que dominem na engenharia mecatrônica, o projeto, instalação e gerenciamento de sistemas computadorizados para controle da produção industrial.
  • Propiciar a aquisição de conhecimentos universais e uma base sólida em conceitos e princípios básicos na área de engenharia mecânica aliada às áreas da eletrônica e software.
  • Capacitar o discente em novas e modernas tecnologias da indústria de automação.
  • Capacitar o discente a projetar e programar robôs industriais utilizados nos processos de fabricação.
  • Possibilitar que o discente exerça administrativamente funções relacionadas à Engenharia Mecatrônica.
  • Conscientizar o discente de sua condição de futuro engenheiro mecatrônico, experimentando, desde as primeiras disciplinas, a prática de participação em atividades de extensão e/ou pesquisa que o envolva com a profissão.
  • Propiciar ao discente um conhecimento humanístico e da realidade social do país, visando atender as expectativas da nação.
  • Produzir um espaço de debate e ação em relação aos sistemas automatizados de controle de equipamentos em indústrias e edifícios comerciais e residenciais, desenvolvendo nos alunos a capacidade de intervir tecnicamente desenvolvendo projeto de controle e automação nesses espaços.
  • Capacitar o discente a desempenhar suas atividades dentro do preconizado pela legislação atual e em consonância com as necessidades da sociedade;
  • Definir estratégias de realização atualizada do ensino de graduação deste curso, objetivando formar profissional capaz de propor soluções que sejam não apenas tecnicamente corretas, mas incorporando no seu pensar a visualização dos problemas em sua totalidade.
  • Capacitar o profissional a resolver problemas inseridos numa cadeia de causas e efeitos de múltiplas dimensões, identificado com os conceitos de controle de qualidade, desenvolvimento sustentável.
  • Estimular a autoanálise, no sentido de provocar a necessidade de uma educação continuada do engenheiro a ser formado com seu aperfeiçoamento cultural e desenvolvimento do espírito científico e do pensamento reflexivo.
Visando atingir esses objetivos, o curso oferece disciplinas obrigatórias, optativas, estágio supervisionado, práticas extensionistas e investigativas, além de atividades complementares com intuito de formar profissionais aptos a atuarem em diferentes campos de trabalho inerentes a eles, conforme a legislação vigente, de forma a contemplar a sua excelência.