V E S T I B U L A R 2018.1

Comissão Própria de Avaliação

comissão própria de avaliaçãoA Comissão Própria de Avaliação (CPA) do Centro Universitário Tiradentes – Unit, constitui um órgão de natureza consultiva, com atribuições de elaboração, implementação, aplicação e monitoramento do processo de autoavaliação institucional.

Desde 04 de janeiro de 2007, o Centro Universitário Tiradentes – Unit, ainda na qualidade de Faculdade Integrada Tiradentes, instituiu o Programa de Avaliação Institucional Continua – Paic. Para sua implementação foi criada a Comissão Própria de Avaliação – CPA, composta por seis membros, representando os diversos segmentos da comunidade acadêmica e da sociedade civil, a quem cabe a responsabilidade de conduzir o processo de Avaliação da Unit.

O Centro Universitário Tiradentes – Unit entende que uma instituição que almeja se consolidar como polo difusor do conhecimento deve assumir a autoavaliação como momento privilegiado de discussão junto à comunidade acadêmica. Com isso, busca cumprir o seu compromisso com o desenvolvimento pessoal e social integrado. Sua proposta de autoavaliação visa contribuir para a compreensão da vida organizacional da Instituição, por meio da analise crítica e rigorosa das diversas dimensões que a compõe.

Por se tratar de um processo contínuo, a autoavaliação constitui uma atividade permanente, pela qual se busca criar a cultura de avaliação, produzindo conhecimento e aferindo a qualidade da prática educativa desenvolvida pela IES.

Constituem-se atribuições da CPA:

  1. zelar pelo cumprimento deste Regulamento;
  2. deliberar sobre as questões gerais que dizem respeito à avaliação institucional;
  3. emitir pareceres em assuntos referentes à Avaliação Institucional;
  4. elaborar e reelaborar os projetos de Avaliação Institucional;
  5. promover a coleta, organização, processamento de informações, elaboração de relatórios das atividades referentes à avaliação de cursos, programas, projetos e setores, considerando as diferentes dimensões institucionais;
  6. promover e acompanhar o desenvolvimento do Programa de Avaliação Institucional;
  7. providenciar a divulgação de resultados na Instituição;
  8. sistematizar e prestar informações solicitadas pelo INEP;
  9. subsidiar o processo de planejamento institucional, assim como acompanhar;
  10. promover a meta-avaliação do Programa de Avaliação Institucional;
  11. assegurar a continuidade do Processo Avaliativo.

Retorno de Avaliações

Por meio do sistema Magister, do site da Instituição, quadro de avisos e de reuniões com as áreas acadêmicas e admirativas da IES, os resultados dos processos avaliativos desenvolvidos pela CPA são amplamente divulgados. Semestralmente, os dados da Avaliação Nominal Docente e da Gestão Acadêmica são atualizados e colocados à disposição de forma detalhada para professores e alunos. Os resultados também são expostos nos quadros de aviso da IES.

Os resultados das avaliações são também analisados pelos gestores, coordenadores e pela própria CPA, que por meio de reuniões e grupos de debates propõe ações para melhoria da qualidade dos serviços prestados pela Instituição.

A CPA também promove a divulgação das demandas apresentadas pelos diversos segmentos da Instituição e informa quais ações estão sendo desenvolvidas para corrigir eventuais fragilidades e aperfeiçoar as potencialidades já identificadas.

Escala Utilizada nas Avaliações

Escala Correspondência Intervalo Amplitude do Intervalo
5 Excelente 4,5 a 5,0 0,5
4 Muito Bom 4,0 a < 4,5 0,5
3 Bom 3,5 a < 4,0 0,5
2 Regular 3,0 a < 3,5 0,5
1 Insuficiente < 3,0 2,0 (não vai até zero)

Avaliação Nominal Docente e da Gestão Acadêmica

Centro Universitário Tiradentes realiza por meio do Portal Magister, a aplicação semestral da avaliação dos professores e da equipe de Coordenadores dos cursos. Entendendo que a avaliação deve ser responsabilidade de todos e uma prática incorporada ao cotidiano da Instituição, a participação do corpo discente é de fundamental importância a cada realização.
Objetivo é contar com o envolvimento dos discentes para melhorar ainda mais a qualidade do ensino: mediante conhecimento da sua percepção quanto à atuação do professor e da Coordenação de Curso, em seu contexto de trabalho.

Questionário discente que avalia o quadro docente

  1. Qual avaliação você faz do professor com relação a entrega, apresentação do plano de ensino, contemplando os seguintes aspectos: objetivos, metodologias de ensino, critérios de avaliação, conteúdos e bibliografia (básica e complementar) da disciplina?
  2. Avalie o professor com relação ao cumprimento de horários previstos para início e término das aulas (Pontualidade)
  3. Como você avalia a frequência do professor às aulas? (Assiduidade)
  4. Avalie o professor quanto ao cumprimento do planejamento de aulas e atividades programadas no Plano Integrado de Trabalho (PIT), disponível no Magister
  5. Qual avaliação você faz dos métodos de ensino utilizados pelo professor no processo de favorecimento da aprendizagem dos conteúdos previstos na disciplina?
  6. Qual avaliação você faz do processo de comunicação/relacionamento entre professor e alunos e sua contribuição para o favorecimento do processo de aprendizagem?
  7. Avalie o professor quanto a relevância das atividades que articulem teoria e prática.
  8. Avalie a relevância das atividades propostas na medida de eficiência e suas contribuições para a construção de novos conhecimentos/habilidades no processo de ensino e aprendizagem.
  9. Como você avalia as atividades propostas pelo professor para utilização de livros, artigos, periódicos  e demais itens do acervo da biblioteca?
  10. Qual a sua avaliação quanto a bibliografia indicada pelo professor em relação a disponibilidade na biblioteca?
  11. Atribua um conceito as avaliações adotadas pelo professor quanto a qualidade das mesmas, coerência com os conteúdos ministrados e com métodos de ensino utilizados.
  12. Como você avalia a orientação de trabalhos e o desenvolvimento de atividades práticas realizadas em sala de aula e aquelas desenvolvidas fora de sala de aula?

Questionário Discente Avalia o Coordenador do Curso

  1. Como você avalia a comunicação/relacionamento da Coordenação de Curso com os alunos?
  2. Avalie a atuação da Coordenação de Curso, com relação ao acompanhamento sistemático das atividades de estágios, pesquisa, extensão, etc., realizadas pelos discentes vinculados ao curso?
  3. Qual conceito atribuiria a Coordenação de Curso, quanto a eficiência e agilidade no atendimento de suas solicitações ou na resolução de problemas?
  4. Qual a sua avaliação do Coordenador do Curso quanto ao domínio das informações sobre a Instituição e quanto a  clareza no repasse aos alunos?
  5. Como você avalia a qualidade do atendimento prestado pela Coordenação do Curso?

Questionário Docente Avalia o Coordenador do Curso

  1. Como você avalia a comunicação e o relacionamento da Coordenação de Curso?
  2. Qual conceito você atribui a atuação da Coordenação de Curso, com relação ao acompanhamento sistemático de atividades do programa de formação docente, estágios, pesquisa, extensão, monitoria e demais políticas da instituição?
  3. Como você avalia o comprometimento e o engajamento da Coordenação de Curso para com a profissão e para com a formação de profissionais com diferenciais competitivos?
  4. Atribua um conceito a Coordenação de Curso quanto a condução de atividades do Núcleo Docente Estruturante e do Colegiado de Curso?
  5. Qual conceito você atribui a qualidade das reuniões pedagógicas organizadas pela Coordenação de Curso?

Avaliação Institucional

O Centro Universitário Tiradentes – Unit  concebe a autoavaliação como um importante e necessário procedimento de inovação da qualidade institucional, na constante busca de outras possibilidades e caminhos para a construção de processos próprios de autoavaliação institucional, respeitando-se a identidade e especificidades institucionais.

Constituem-se objetivos principais da autoavaliação institucional, produzir conhecimentos, pôr em questão os sentidos do conjunto de atividades e finalidades cumpridas pela instituição, identificar as causas dos seus problemas e deficiências, aumentar a consciência pedagógica e capacidade profissional do corpo docente e técnico-administrativo, fortalecer as relações de cooperação entre os diversos atores institucionais, tornar mais efetiva a vinculação da instituição com a comunidade, julgar acerca da relevância científica e social de suas atividades e produtos, além de prestar contas à sociedade.

Assim sendo, a Comissão Própria de Avaliação – CPA tem trabalhado com empenho no sentido de conscientizar cada vez mais a comunidade acadêmica sobre a concepção da autoavaliação e sua utilização como instrumento de gestão, fortalecendo o processo democrático interno, com legitimidade, transparência e objetividade. De modo que os resultados obtidos nesse processo crítico reflexivo sejam integrados aos processos decisórios nos diversos âmbitos de gestão do Centro Universitário Tiradentes, possibilitando o aperfeiçoamento do desempenho acadêmico e administrativo, subsidiando a gestão institucional.

Comissão Própria de Avaliação

Membros

Albani de Barros
Presidente da CPA

Ana Luiza Exel
Representante dos Coordenadores de Curso

Ajibola Isau Badiru
Representante Docente

Joelba Neyder Lima Gomes
Representante dos Discentes

Lidiane do Nascimento Machado
Representante dos Funcionários Técnico-Administrativos

Pierre Mário dos Santos
Representante da Comunidade Local

Comissão Própria de Avaliação nomeada pela Portaria Unit-AL Nº 12 de 11 de novembro de 2014.