MENU

Você sabia: Santo Antônio é o santo casamenteiro?

Depois disso, você vai entender porquê o dia dos namorados antecede o dia de Santo Antônio

às 18h41
Compartilhe:

Dia de Santo Antônio é celebrado em 13 de junho e relembra uma trajetória de devoção e fidelidade aos princípios divinos. 

A história conta que ao nascer, o santo recebeu o nome de Fernando, e que desde novo o jovem era dedicado à oração e pedidos de proteção a Deus. Ainda há registros de que ele era de família nobre, mas, que decidiu abrir mão de seus privilégios e entrou em um convento, e posteriormente, na ordem dos Franciscanos. 

A data foi escolhida por ser o dia de sua morte, em 1231, e ele foi canonizado 11 meses após o acontecimento, pelo papa Pio XII. 

Antecedendo o dia de Santo Antônio, temos o dia dos namorados, que tem muita ligação pois o mesmo é considerado o santo casamenteiro. Neste dia, é comum que os namorados trocarem presentes, cartões e gestos apaixonados. 

Santo Antônio, o santo casamenteiro? 

Ninguém sabe ao certo qual o momento exato que tão devoção surgiu, mas ao longo de sua vida e após alguns milagres, como o da jovem que desejava casar mas não possuía dote para oferecer, a fama do santo começou a ser conhecida. 

Hoje, sua história como santo casamenteiro é tão forte e presente no Brasil, que existem até algumas simpatias ligadas a realização desses desejos, como:

  • Tire o menino Jesus da imagem do santo e só devolva após conseguir um namoro; 
  • Coloque a imagem do santo de cabeça para baixo e realize um pedido; 
  • Coloque a imagem do santo dentro do guarda-roupa e todos os dias antes de dormir diga: Perdoe-me por deixá-lo sem ver a luz do dia, mas é assim que me sinto sem minha alma gêmea” e só retire quando começar a namorar; 
  • Ponha a imagem do santo debaixo da cama por três noites. Na manhã do quarto dia, tome um banho feito de cascas de maçã e uma colher de mel. 

Além de santo casamenteiro, Santo António (com acento agudo igual os portugueses usam) é padroeiro de Lisboa e de Padua. 

Compartilhe: