MENU

Unit oferece Atendimentos Odontológicos à comunidade

População neste semestre vai poder usufruir dos seguintes serviços: extrações simples, limpezas, tratamento gengival e restauração

às 14h19
Compartilhe:

Nesta segunda-feira, 09, o Centro Universitário Tiradentes – Unit oferece atendimentos odontológicos a toda população. Os serviços oferecidos são extrações simples, limpezas e obturações. Os procedimentos são realizados pelos alunos do 5º período e assistidos por professores.

Em 2015 os atendimentos começaram nesta semana e vão até o final do semestre. Serão aproximadamente 60 atendimentos por semana, todos realizados por 50 alunos, do 5º período, do curso de Odontologia.

A população neste semestre vai poder usufruir dos seguintes serviços: extrações simples, limpezas, tratamento gengival e restauração. Para receber o tratamento os interessados devem passar pela triagem, sempre no inicio da manhã e da tarde, da segunda-feira.

Os alunos são acompanhados pelas professoras Raphaela Farias Rodrigues e Juliana Barbosa. O coordenador do curso também marcou presença e destacou a importância do momento. “Esse momento é um marco para o curso, a partir deste semestre os alunos começam a ter um contato com o paciente e a experimentar a profissão na sua plenitude. Eles também aprendem a ter uma atitude social, atendendo a população que é carente do serviço público e o Unit supre a demanda, oferecendo um trabalho de qualidade”.

Cada paciente que chega e passa pela triagem, terá um acompanhamento humanizado, pelo mesmo aluno, até o fim do tratamento. A futura odontóloga Rafaella Pinheiro destacou a importância de poder alinhar a teoria com a prática. “Essa experiência está sendo muito importante. Nos passamos dois anos aprendendo e estávamos ansiosos para atender os pacientes e ajudar a população mais carente. Vamos colocar tudo que aprendemos em prática, as expectativas são grandes e o nervosismo também. Os atendimentos vão ter uma continuidade, exigindo de nos mais estudo, pois agora estamos lindando com pessoas e não mais com bonecos, aumentando nossa responsabilidade”.

De criança a idoso, quem passou pela cadeira do dentista e fez bonito foi Pamela Priscila da Silva, de 11 anos. “Cheguei com um pouco de medo, mas já me sinto melhor. Fui bem tratada e foi até melhor do que minha primeira ida ao dentista”.

 

 

Compartilhe: