MENU

Unit/AL participa do lançamento do ‘Pacto por Maceió’

Projeto da OAB/AL visa estudar e propor melhorias urbanas para a capital alagoana

às 14h56
Transmissão do lançamento do Pacto por Maceió
Transmissão do lançamento do Pacto por Maceió
Compartilhe:

O Centro Universitário Tiradentes (Unit/AL), por meio de sua coordenação de Extensão Universitária, participou, nesta quarta-feira (07), da transmissão de celebração do Projeto Pacto por Maceió, desenvolvido pela Ordem dos Advogados do Brasil (OAB/AL), em parceria com a Fundação Universitária de Desenvolvimento de Extensão e Pesquisa (Fundepes), a Universidade Federal de Alagoas (Ufal) e a Pró-Reitoria de Extensão da Ufal (Proex).

O projeto tem como objetivo estudar e propor melhorias urbanas para Maceió, principalmente nos bairros que vêm sendo afetados pela mineração. Com a união das instituições envolvidas – que inclui conselhos de classe e outras faculdades, a ideia é a troca de ideias e encaminhamento de ações necessárias ao enfrentamento amplo e multidisciplinar do fenômeno geológico de subsidência que se nota nos bairros do Pinheiro, Mutange, Bebedouro, Bom Parto e adjacências, conquanto se estabeleceram sólidas suspeitas de que o perímetro de sinistralidade já abrange os bairros do Farol e Pitanguinha.

“Uma frente ampla e apartidária”, foi assim que o presidente da OAB Alagoas, Nivaldo Barbosa Jr., classificou os esforços interinstitucionais. “Lançamos o Pacto por Maceió para democratizar o debate dos problemas urbanos e da propositura de melhorias da nossa capital. Vamos concentrar conhecimento técnico para traçar soluções. Neste momento os bairros afetados pela mineração, que sofrem com rachaduras e afundamento de solo, serão o foco. É fundamental que a sociedade tenha voz ativa. Nosso papel não é apontar o dedo. Nosso papel é defender a cidadania e a sustentabilidade das soluções de forma categoricamente técnica”, concluiu o presidente da OAB/AL.

Victor Carnaúba, coordenador de Extensão da Unit/AL, esteve presente na reunião e destacou a contribuição da instituição para com a sociedade.

“A Unit/AL irá contribuir fornecendo todo suporte técnico-científico necessário por meio da intervenção do nosso corpo docente e discente, atuando junto aos parceiros em prol dos moradores que ainda residem nos bairros do Pinheiro e adjacentes”, disse Victor Carnaúba.

O presidente da OAB Alagoas lembrou que, a partir de agora, os integrantes do Pacto por Maceió, vão iniciar a agenda efetiva de trabalhos conjuntos. “Construímos e, agora, vamos montar um calendário de reuniões que, por enquanto, vão seguir de forma virtual em decorrência da pandemia, mas podemos realizar encontros para deliberações de forma presencial, caso seja necessário e atendendo aos critérios de distanciamento”.

Com assessoria OAB/AL*

Compartilhe: