MENU

Startups para educação são desenvolvidos no Tiradentes Innovation Center

Um dos projetos, que venceu o último Bootcamp Tiradentes, pretende ajudar as escolas a melhorarem e desenvolverem as competências socioemocionais dos estudantes

às 13h03
O Tiradentes Innovation Center auxilia no desenvolvimento de projetos inovadores que contribuam para a melhoria da qualidade da educação
O Tiradentes Innovation Center auxilia no desenvolvimento de projetos inovadores que contribuam para a melhoria da qualidade da educação
Compartilhe:

Um dos principais desafios impostos aos educadores e às instituições nos tempos atuais é buscar caminhos que ajudem não apenas a melhorar a qualidade da educação, mas principalmente reduzir as diferenças e desigualdades potencializadas pela pandemia. Isso tem motivado professores e pesquisadores a pensarem e desenvolverem projetos inovadores neste sentido. Este inclusive foi o mote de um Bootcamp realizado recentemente pelo Tiradentes Institute e pelo Tiradentes Innovation Center, em Aracaju. O treinamento imersivo reuniu professores, coordenadores e gestores, que puderam se aprofundar em iniciativas de ensino e aprendizagem criativas que representem soluções para tais desafios.

Um destes projetos é o Conexão Edu, uma plataforma para administrar e produzir dados sobre as competências socioemocionais e digitais dos estudantes da educação brasileira (escolas públicas e privadas), educação básica e superior em nível nacional. O objetivo é minimizar os impactos da pandemia na educação superior e infantil, assim como ajudar as escolas a melhorarem e desenvolverem essas competências junto aos estudantes. 

O projeto passará por seis meses de incubação residencial gratuita no Tiradentes Innovation Center, como um dos ganhos pela vitória no Bootcamp. Este e outros projetos estão no programa de incubação de startups de educação do centro, que criará condições para que todos saiam do papel. Além disso, a equipe que desenvolveu o projeto, formada pelos professores Richard Halti Cabral (Universidade Tiradentes/Sergipe) Alana Vasconcelos e Yan Charlot (Faculdade São Luís de França), Ivânia Souto (Grupo Tiradentes), Zilpa Adriana Sánchez (Universidad de Boyacá/Colômbia), foi contemplada com um prêmio de R$ 5 mil. 

Outros educadores estão sendo estimulados a desenvolver soluções que melhorem a qualidade e o alcance da educação no Brasil, o que pode ser feito com a ajuda do Tiradentes Innovation Center, centro de inovação especializado no desenvolvimento de projetos para a educação e a ciência. 

“Cada projeto apresentado no Bootcamp Tiradentes trouxe consigo uma solução inovadora para diferentes deficiências da área educacional e desafios impostos pela pandemia. Esse Bootcamp foi, portanto, o ponto de partida para a construção de startups e negócios que resolvam, por exemplo, gaps educacionais, motivacionais e socioemocionais dos nossos estudantes”, disse o coordenador de marketing e produtos educacionais do TIC, Leonardo Sales. 

Asscom | Grupo Tiradentes 

Compartilhe: