MENU

Shows pós-pandemia: como foi o evento teste na Espanha com 5 mil pessoas

Evento ocorreu em Barcelona, sob protocolos; todos os participantes foram testados e assistiram ao show usando máscaras

às 12h41
Show de rock foi liberado pelas autoridades de saúde espanholas, que vão acompanhar se os frequentadores foram ou não contaminados (Albert Gea/Reuters)
Show de rock foi liberado pelas autoridades de saúde espanholas, que vão acompanhar se os frequentadores foram ou não contaminados (Albert Gea/Reuters)
Compartilhe:

Assistir a um show, em uma grande arena de eventos, dar fim à saudade de estar perto da banda favorita e um detalhe: tudo isso em plena pandemia da Covid-19. Esse cenário, praticamente impossível, se tornou realidade para cerca de 5 mil pessoas, em Barcelona, na Espanha. O evento teste, que serviu de estudo para realização de shows pós-pandemia, ocorreu em 27 de março, sob rígidos protocolos sanitários, onde todos os participantes foram testados e usaram máscaras. 

O público acompanhou a apresentação da banda ‘Love of Lesbian’, que é espanhola e já foi indicada ao MTV Europe Music Awards. Dentro da arena, os fãs não precisaram manter o distanciamento social, mas antes de terem acesso todos realizaram testes para a Covid-19 em pontos estratégicos estabelecidos pela organização em regiões de Barcelona. Além disso, para que o evento acontecesse foi necessária a autorização por parte do governo espanhol.

A organização contou com o trabalho de 80 profissionais de enfermagem que durante um dia inteiro realizaram testes ‘antígenos’, que a exemplo do RT-PCR, identifica proteínas que o coronavírus produz no organismo.

Os resultados eram divulgados aos participantes da experiência 15 minutos depois através de um aplicativo, sendo que o procedimento e a máscara já estavam inclusos no valor do ingresso. Três pessoas que testaram positivo para a Covid-19 não puderam participar do evento e foram reembolsadas. 

Os cinco mil que participaram da experiência serão monitorados pelas autoridades de saúde da Espanha para que o estudo seja concluído. O objetivo é identificar se houve infectados, mesmo com todos os protocolos sanitários adotados pela organização. 

Ascom | Grupo Tiradentes

Compartilhe: