MENU

Serviço Social conquista aprovação de grupos de pesquisa


às 15h20
Compartilhe:

O curso de Serviço Social da Faculdade Integrada Tiradentes – Fits conquistou a aprovação para realização de dois grupos de pesquisa. O primeiro é a Crise do capital e as transformações no mundo do trabalho e o segundo é a Produção e Reprodução das Relações Sociais e Questão Social.

Crise do capital e as transformações no mundo do trabalho

O grupo de pesquisa sobre Crise do capital e as transformações no mundo do trabalho” é formado por professores e alunos do curso de Serviço Social da Fits. Os professores que participam são Albani de Barros (coordenador), Simara Mendes, Jinadiene Soares eMaricelly Costa.  Possuindo como aluna bolsista Maria Lucilene Barbosa, além de outros alunos que participam voluntariamente.

O grupo iniciou suas pesquisas em 2013 enquanto teve seu primeiro projeto de pesquisa aprovado. Produzindo em seu primeiro ano, diversos trabalhos que foram aprovados em eventos científicos, como: V EPMARX – Encontro de Estudos e Pesquisas Marxistas em São Luiz-MA. CAITTE, que também acontece em Maceió no próximo mês de agosto e no III Encontro Internacional de Ética, Políticas Sociais e Serviço Social, na Universita’ Degli Studi di Roma.

Esse ano o grupo teve seu projeto de pesquisa mais uma vez aprovado. Eles vão tratar de investigar os estudos fundamentais, a dinâmica da crise econômica e a estrutural do capital, compreendendo assim quais são os impactos que a crise trouxe para a esfera do trabalho. Nesse sentido, busca compreender quais as atuais formas de controle sobre os trabalhadores no capitalismo contemporâneo, analisando aspectos como o desemprego e a informalidade, bem como a atuação do Estado diante do aprofundamento global da crise.

Produção e Reprodução das Relações Sociais e Questão Social.

A pesquisa “Questão Social: determinações históricas, teórico-metodológicas e suas particularidades na formação brasileira e alagoana”, tem como finalidade sistematizar estudos sobre a questão social em suas determinações históricas e teórico-metodológicas; problematizando-a na intercorrência dos processos econômicos, sociais, políticos e ideológicos que caracterizam o capitalismo contemporâneo; identificando que elementos particularizam a questão social na formação social brasileira e alagoana.

Os pesquisadores se reunirão em grupos de estudo com o objetivo de discussão, problematização e maturação da pesquisa, objetivando a construção de sínteses coletivas sobre o objeto de estudo. O grupo é composto por docentes e discentes do curso de Serviço Social, mas, prevê a participação de pesquisadores externos, de outras instituições, para participar das discussões do grupo, no sentido de enriquecer, qualificar e possibilitar o intercâmbio de conhecimentos e experiências.

Compartilhe: