MENU

Reunião de Ecossistema de Startups para movimentar Sururu Valley em Alagoas


às 14h04
O Centro Universitário Tiradentes – Unit AL por meio dos cursos de ciência da computação e engenharia mecatrônica abriu as portas para receber a Reunião de Ecossistema de Startups para movimentar Sururu Valley em Alagoas. O evento aconteceu no anfiteatro da Pós-Graduação, do campus Amélia Maria Uchôa, em Cruz das Almas.
Compartilhe:

A reunião contou com a presença de empresários, empreendedores, pesquisadores, acadêmicos e líderes que querem trabalhar por um legado e unir esforços por um mesmo objetivo: ressurgir o nosso Sururu Valley. Ela foi pautada em três grandes temáticas de interesse do ecossistema de startups como estratégias para efetivação e implementação no polo tecnológico do Jaraguá, e trouxe também temáticas como a nova Lei de Inovação municipal e os espaços físicos para o desenvolvimento de atividades do grupo que acende, como a própria UNIT, UFAL, ASSESPRO etc.

A ideia de um grupo para reaquecer o cenário de startups surgiu de uma conversa entre Aurélio Buarque e Vítor Ribeiro, dois membros atuais de grupo, onde os mesmos questionaram-se os motivos de grandes players do mercado de produtos digitais hoje serem poucos conhecidos no estado, bem como o motivo de o Sururu Valley não estar tão ativo quanto antes. O primeiro movimento então foi falar com amigos e empresários próximos sobre a proposta de juntar esforços em prol dessa causa, e claro, também falaram com membros antigos e fundadores do Sururu Valley, que viram com bons olhos o movimento.

Atualmente o grupo conta com empresários, professores, estudantes e pessoas vinculadas ao governo municipal como o Secretário de Governança José Lages. De conversas entre membros, os Professores Dheiver Santos, Bruno Bessa e Agnaldo Cardozo da UNIT, se dispuseram a buscar apoio da instituição para sediar o evento.

Os professores dos cursos de ciência da computação e engenharia mecatrônica afirmam que a UNIT irá gerar muito valor para o ecossistema de inovação em Alagoas, abrindo as portas sempre que necessário para o debate e construção de novas ideias. O interesse da UNIT é fortalecer a tríplice hélice (As empresas visam produzir; as universidades visam gerar e transmitir conhecimento; o Governo visa administrar o Estado e, dentro dessa atividade, regular as empresas e universidades).

Como falado por Leandro Sales, um dos fundadores do Sururu Valley, “… o movimento foi feito por CPFs, não por CNPJs”, e justamente por isso pessoas comuns são importantes para o fortalecimento do ecossistema. Sururu Valley deve ser um nome conhecido por empresários, professores, estudantes e empreendedores como um todo, para que dessa forma Alagoas crie um ecossistema forte e de projeção nacional.

A reunião teve a participação de Startups como EngApp (Engenharia de Software),  Zero Time (gerenciamento do tempo de clientes médicos), H3 saúde (Do ramo de saúde), Osh Technology (Desenvolvimento de sistemas), entre outras. Vale a pena destacar que a Osh Technology é uma iniciativa dos cursos de Ciência da Computação e Engenharia Mecatrônica da UNIT.

Compartilhe: