MENU

Renovação de receitas médicas é tema de artigo científico de aluno e professor

Artigo sobre a prática de renovação automática de receitas médicas nas unidades de saúde foi publicado na Revista de Saúde Coletiva

às 19h10
Compartilhe:

Com o objetivo de caracterizar os principais fatores envolvidos na prática de renovação automática de receitas médicas nas unidades de saúde da família no contexto da atenção básica, o egresso Caio Cézar Tenório Alves da Silva e o médico e professor Alfredo Aurélio Marinho Rosa Filho, do curso de Medicina do Centro Universitário Tiradentes (Unit/AL) publicaram um artigo científico na Revista de Saúde Coletiva.

O grupo de pesquisa formado também por alunos de outras instituições de ensino, realizou uma revisão bibliográfica, fazendo um levantamento de dados com termos chaves: “Uso Indevido de Medicamentos”, “Prescrição Inadequada”, ‘’Atenção Primária à Saúde”, “Receitas Médicas de Controle Especial” e “Medicamentos sob Prescrição”. Além disso, analisaram pareceres dos Conselhos Regionais de Medicina, bem como a legislação vigente em torno da prescrição médica e renovação de receitas. 

Com isso, o grupo observou que a prática de renovação automática de receitas médicas deve ser combatida. Isto pode proporcionar efeitos colaterais importantes, pior controle das comorbidades e falsa sensação de cuidado, além de inúmeras implicações ético-legais.

Na análise dos artigos selecionados pelos alunos para revisão, destacou-se a escassa quantidade de artigos construídos no Brasil Acerca da temática ao longo da década. Para eles, isto demonstra que o tema da renovação automática de receitas relacionada a questões ético-legais nos serviços de saúde, bem como sua repercussão na assistência, carece de discussão ampla e profunda no meio acadêmico nacional.

Confira aqui o artigo completo.

Compartilhe: