MENU

“Que eu seja um exemplo para toda a comunidade surda”

Rafaella Rangel é a primeira surda do estado a se formar no curso tecnológico em Gestão de Recursos Humanos

às 20h46
Compartilhe:

Com muito orgulho e uma linda história de superação, Rafaella de Jesus Pessoa Rangel recebeu seu diploma no último dia 18 de março, tornando-se a primeira pessoa surda no estado de Alagoas a se formar no curso tecnológico de Gestão de Recursos Humanos, do Centro Universitário Tiradentes (Unit/AL).

“Estou extremamente feliz por ter me formado em RH, assim posso ajudar a comunidade surda a entrar no mercado de trabalho”, celebrou Rafaella, que tem 25 anos.

Para alcançar a conquista, Rafaella enfrentou diversos obstáculos, mas sempre com determinação e o apoio da instituição, professores e amigos. Apesar das inseguranças, a agora gestora de recursos humanos não só recebeu acompanhamento de uma intérprete de libras e provas adaptadas, como também não teve dificuldades em se enturmar com os colegas de classe. “Tiveram alguns obstáculos, mas nós conseguimos e estou formada!”, comemorou.

Por falar em libras, durante os dois anos do curso, Rafaella contou com o apoio da intérprete de Libras, Flávia Araújo, que integra o Núcleo de Apoio Pedagógico e Psicossocial (NAPPS). “A Rafaella chegou aqui muito machucada da educação que não prestava nenhuma forma de inclusão para ela e que havia recebido até então. Ela ficou receosa pois não sabia se receberia uma educação inclusiva”, contou a intérprete Flávia Araújo, que acompanhou todos os passos de Rafaella dentro da universidade, da sala de aula até a praça de alimentação do Minishopping.

Outro agente que promoveu a continuidade dos estudos de Rafaella, para que ela não desistisse após sua licença maternidade, foi o então coordenador do curso, Professor Marco André – atualmente coordenador pedagógico dos cursos de Administração, Ciências Contábeis e Gestão de RH.

“A instituição está preparada para receber pessoas com deficiência, mas é sempre um desafio pois cada um tem suas particularidades. Sem dúvidas é uma grande conquista para a Rafaella e para a universidade. Este é um grande passo para a Rafaella, mas outros desafios virão. Foi muito gratificante ter participado desse processo e espero que possamos ainda contribuir com a inserção dela no mercado de trabalho”, concluiu o professor.

Sobre o Napps

O NAPPS é um espaço de todos que compõem o Centro Universitário Tiradentes. O Núcleo presta apoio pedagógico, psicológico e social aos discentes visando complementar e sugerir direcionamento no acompanhamento do processo de aprendizagem, tanto no desempenho acadêmico, quanto em assuntos que tenham reflexo nesse desenvolvimento, particularmente, de ordem pedagógica, psicológica e social.

Os interessados podem procurar os profissionais do Núcleo, seja de forma espontânea ou através de indicações de professores, coordenadores ou direção.

Por Adja Marcella – estagiária sob supervisão da Asscom Unit/AL

Compartilhe: