MENU

Qual a importância do descanso na qualidade de vida?

Ao longo dos anos, tem sido comprovado que o ser humano perdeu a capacidade de descansar, é isso tem afetado diretamente a qualidade de vida

às 17h51
Compartilhe:

Há alguns anos já é debatido o quanto a sociedade tem vivido em um ritmo frenético, sem tempo para pausas. Mas agora, diversos pesquisadores, incluindo o sociólogo Byung-Chul Han, têm defendido que é necessário regenerar. 

Em uma de suas obras, o pesquisador e sociólogo retrata sobre a velocidade e esgotamento humano. Onde é necessário, de forma hiperativa, que o indivíduo realize múltiplas tarefas. Já em outra obra, o mesmo autor debate sobre a necessidade do descanso, e mais uma vez, reforça a ideia de que a sociedade está carente da capacidade de observar a realidade do momento, e que assim, tudo envelhece mais rápido do que antes. Mas afinal, qual a necessidade do descanso e do regenerar? 

Alguns estudos apontam que uma noite de sono é essencial para manter o equilíbrio e saúde do corpo, sendo ele a maior possibilidade do corpo se regenerar. Neste momento, o sistema imunológico é fortalecido, o que ajuda na qualidade de vida. Mas além do sono, o ato de regeneração está altamente ligado a um conjunto de atividades diárias como: alimentação equilibrada, prática de exercícios físicos,  e claro, outras formas de descanso que praticamos durante o dia. 

7 formas de descanso 

De acordo com a doutora e pesquisadora estadunidense Saundra Dalton Smith, o ser humano necessita de pelo menos 7 formas de descanso, incluindo o físico (sono). Entenda sobre eles.

  • O primeiro é o descanso da mente, onde o recomendado é que você se desprenda das frustrações da rotina e dos erros. É sugerido que nesse momento, você aproveite para ter contato com a natureza  e ar livre; 
  • Para reforçar a importância de estar sozinho ou até mesmo cercado por aqueles que te fazem bem, existe o descanso social; 
  • Descanso sensorial é de extrema importância, principalmente na era do trabalho home office onde recebemos muitas informações sensoriais durante o dia; Tire um tempo para desconectar e ficar livre dos estímulos externos;
  • Você não precisa ser produtivo o tempo todo! Faça algo que você goste, que te inspire, escute uma música ou veja um filme, e esse é o descanso criativo; 
  • O descanso emocional diz respeito a entender seus sentimentos e ser sincero com eles; 
  • Faça bem para alma, se conecte com algo além do físico, se engaje com um voluntariado ou em algo da sua religião (se você tiver uma), e esse é o descanso espiritual; 
  • E claro, o descanso físico no qual você dorme e deixa com que seu corpo desacelere.
Compartilhe: