MENU

Projeto Científico avalia a qualidade de vida dos fisioterapeutas na pandemia

Pesquisa sobre a atuação de profissionais na pandemia envolveu acadêmicos dos cursos de Medicina e Fisioterapia da Unit Alagoas

às 13h29
Fisioterapeutas realizam assistência na intubação orotraqueal
Fisioterapeutas realizam assistência na intubação orotraqueal
Compartilhe:

Integrando a linha de frente em combate ao coronavírus, os fisioterapeutas são objeto de estudo do projeto de Iniciação Científica ‘Avaliação da Qualidade de vida dos fisioterapeutas que atuaram ou atuam durante a pandemia da Covid-19’. Com orientação da professora Doutora Vaneska Lourenzi, a pesquisa é vinculada aos cursos de Medicina e Fisioterapia do Centro Universitário Tiradentes – Unit Alagoas com colaboração das discentes Thainá Pimentel e Alana Costa.

A inclusão dos fisioterapeutas nas equipes de saúde contra o coronavírus se deu pelo apoio e técnica no suporte ventilatório dos pacientes doentes que exigem diferentes abordagens como a assistência na intubação orotraqueal e a limpeza das vias aéreas. Além disso, estes profissionais também são essenciais na reabilitação e inserção do indivíduo em seu cotidiano após a alta hospitalar.

Vaneska explica que a execução da pesquisa é de suma importância para avaliar como está a qualidade de vida fisioterapeutas durante a pandemia. “Estes profissionais continuam na linha de frente para combate dessa doença altamente contagiosa, que segue ocasionando grandes números de internações, levando esses profissionais à exaustão física e mental, em função da demanda ainda crescente”, completa.

A professora acrescenta que, apesar do sistema de saúde brasileiro apresentar fisioterapeutas como parte da equipe multidisciplinar das Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) e como membro da Atenção Primária à Saúde (APS), é necessário monitoramento e avaliação dos impactos que toda essa circunstância de exercício profissional possa ter gerado na qualidade de vida desses profissionais.

Por Asscom Unit/AL

Compartilhe: