MENU

Professores da Fits lançam livros pela Edunit


às 20h56
Compartilhe:
Professor Uchôa entre autores

Professor Uchôa entre autores

Integrantes do grupo de pesquisadores que projetam o Mestrado Interdisciplinar em Sociedade e Políticas Públicas, da Faculdade Integrada Tiradentes, estão entre os autores de dois, dos três primeiros livros publicados pela Editora Universitária Tiradentes – Edunit.

O lançamento das obras aconteceu na noite da última sexta-feira, 15 de agosto, na Universidade Tiradentes – Unit – em Aracaju. “Mazzaropi em: um pícaro na pátria Jeje de Exu”, de Jesana Batista; e “Letras projetadas sobre fundo em movimento: palavras que dizem cinema”, coletânea organizada por Jesana, Pedro Simonardi e Walcler Mendes Júnior, em parceria com a docente da Ufal, Juliana Michaello Dias, serão apresentados agora na Bienal Internacional do Livro de São Paulo, entre os dias 22 e 31 deste mês.

Além das obras assinadas pelos professores da Fits, também foi lançado o título “Revista piauí: acontecimento no arquivo de brasilidade”, de autoria do professor da Unit Pedro Varoni. “Registramos um momento memorável, não apenas pelo reconhecimento científico na qualidade do conteúdo das pesquisas realizadas pelos nossos doutores e mestres, como pela possibilidade de publicar essa produção pela nossa editora, enriquecendo assim o mercado literário com títulos da mais alta qualidade”, ressaltou presidente do Conselho de Administração do Grupo Tiradentes, professor Jouberto Uchôa de Mendonça.

Obras serão lançadas na Bienal Internacional, em São Paulo

Obras serão lançadas na Bienal Internacional, em São Paulo

A Edunit está entre as 122 instituições associadas à Associação Brasileira de Editoras Universitárias – Abeu. “Ver mais uma editora universitária nascer neste País, por meio de um projeto sério, sólido e participativo é motivo de muita alegria”, comenta o presidente da Abeu, João Carlos Canossa.

Ao se referir à sua obra autoral, “Mazzaropi em: um pícaro na pátria Jeje de Exu”, a professora da Fits Jesana Batista, doutora em Antropologia pela UFPE, disse o quanto a figura do personagem criado pelo artista representou no cenário político brasileiro. “Por trás do humor que caracterizou o perfil do Jeca, estava muito presente o cenário político vivenciado por ele e a sociedade da época”, lembra a professora Jesana.

Em se tratando da coletânea “Letras projetadas sobre fundo em movimento: palavras que dizem cinema”, os autores Pedro Simonard, doutor em Ciências Sociais, e Walcler Mendes Júnior, doutor em Planejamento Urbano e Regional, ambos pela UFRJ, reafirmam a satisfação em poder estrear no cenário da Editora Universitária Tiradentes com uma obra cujo teor aprofunda estudos sobre o cinema enquanto instância que constitui objetos ao mesmo tempo em que incentiva ações políticas.

Os interessados em adquirir as publicações podem fazer o pedido pelo e-mail editora@unit.br.

Compartilhe: