V E S T I B U L A R UNIT
MENU

Professor Doutor ganha edital universal do CNPq


às 14h43
Todos os anos os professores doutores do Programa de Pós Graduação em Sociedade, Tecnologias e Políticas Públicas conquistam grandes oportunidades para o desenvolvimento de suas pesquisas e o pesquisador Dr. Diego Freitas Rodrigues ganhou no último edital Universal do CNPq (Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico – CNPq) financiamento para a pesquisa "Análise da Implementação de Políticas Públicas para Prevenção de Arboviroses em Cidades Brasileiras", avaliada com 9,6 numa escala de 0 a 10.
Compartilhe:

A pesquisa tem por objetivo avaliar a implementação de políticas de prevenção e combate às arboviroses como dengue, zika e chikungunya em cidades como Maceió, Recife, Belém e Goiânia e os resultados dessas políticas na redução ou estabilidade de casos notificados. O projeto conta com apoio de instituições como Universidade Federal de Pernambuco, Universidade Tiradentes e a Universidad Autonoma del Estado de México. A pesquisa ocorrerá entre os anos de 2019 e 2021 com a publicação de artigos, livros e vídeos sobre os resultados da pesquisa, além de um relatório para o CNPq.

O projeto de pesquisa conseguiu junto ao CNPq o financiamento de R$ 27.420,00 e também uma bolsa de iniciação científica por 14 meses para um estudante de graduação da Unit – AL. O pesquisador Diego explica que esse valor será investido na compra de computadores para processamento dos dados coletados que serão alocados no Laboratório de Avaliação de Impacto e Análise Espacial, localizado no Instituto de Tecnologia e Pesquisa, além do financiamento de viagens para a coleta de dados.

A pesquisa é desenvolvida com docentes do Programa de Mestrado e Doutorado em Sociedade, Tecnologias e Políticas Públicas (SOTEPP) da Unit – AL. A pesquisa conta com a participação de estudantes de Doutorado, Mestrado e Graduação, todos membros do grupo de pesquisa Observatório de Impactos Ambientais e de Saúde (OIAS) do CNPq. O objetivo do OIAS é dar apoio e suporte a pesquisas aplicadas nas áreas de Saúde e Ambiente. O grupo vem produzindo atividades de pesquisa aplicada por meio das dissertações de mestrado, trabalhos de conclusão de curso e iniciações científicas em temas diversos de interesse social, como avaliação de impactos ambientais de rodovias, abordagens epidemiológicas com ênfase em desigualdade social, avaliação de impacto da poluição na saúde humana, entre outros temas. Você pode encontrar mais informações sobre o OIAS na sua página do Facebook https://www.facebook.com/observatoriodeimpactos/?ref=bookmarks e outras informações no blog do grupo https://observatoriodeimpactos.blog/

Compartilhe: