MENU

PHD em Management palestra no Unit sobre Desafios da Gestão de Pessoas

Evento foi aberta ao público e reuniu estudantes e profissionais da área de gestão de pessoas

às 12h54
Compartilhe:

O Centro Universitário Tiradentes – Unit através da coordenação de Pós-Graduação realiza uma palestra internacional com o Prof. Omar Aktouf, sobre “Os desafios da gestão de pessoas nas empresas do século XXI”. Evento aconteceu quarta-feira, 20, no auditório I, do bloco c, às 19h e foi aberto ao público.

Omar Aktouf é PhD. em Management e possui MBA em Organizações e Recursos Humanos pela HEC-Montreal, Canadá; Mestre em Psicologia Industrial pela Universidade de Argel e École Pratique des Hautes Études, Paris e Mestre em Economia do Desenvolvimento pelo INPED de Argel (Argélia).

“Queremos presentear todos os nossos alunos com o conhecimento que Omar vai trazer nesta noite, quero parabenizar vocês que trabalham em empresas, e salientar que os recursos humanos são os lastros das empresas. Que possamos discutir, pesquisar e trocar experiências com aqueles profissionais que tem experiência na área, desejamos que esta noite seja um momento enriquecedor”, colocou o reitor Dario Arcanjo.

“Nós que fazemos a Pós-Graduação do Grupo Tiradentes ficamos muito felizes em ver o auditório cheio, esse momento é de ampliação de conhecimento e aproveitamos a passagem do Omar pelo Brasil para presentear vocês com o conhecimento internacional dele. Ele possui possui mais de 13 livros publicados, o citei muito em meus trabalhos, é uma honra recebê-lo. Aproveitem a noite” afirma a diretora de inteligência corporativa Maria Ângela Costa Lino.

O palestrante começou a palestra com uma breve retrospectiva sobre a gestão do mundo e mencionou que em todos os cantos do mundo por onde passou, ele faz a mesma pergunta, “vocês acham que o mundo é bem administrado?”, e para surpresa dele a resposta é sempre a mesma, “não.”.

“A administração do mundo deveria diminuir sofrimentos e a pobreza. O ser humano precisa ser respeitado por sua natureza humana e não conduzido pela ideia de gestão de pessoas americana, baseada nos estudos behavioristas, com ratos de laboratórios neuróticos. Uma boa gestão de pessoas se faz com inteligência, criatividade, capacidade de inovação e vontade de colocar a cabeça no trabalho”, destaca Omar.

Compartilhe: