MENU

Alunos realizam pesquisa sobre empatia entre universitários

Realizada durante o ciclo 2020/2021, estudo 'Comparação dos níveis de empatia afetiva e cognitiva entre estudantes universitários da saúde, exatas e humana' contou com mais de 500 alunos

às 17h35
Compartilhe:

A pesquisa de Iniciação Científica “Comparação dos níveis de empatia afetiva e cognitiva entre estudantes universitários da saúde, exatas e humana” teve seus resultados divulgados na última semana. O estudo, desenvolvido pelos alunos do curso de Psicologia da Unit Alagoas, Jaiel Bispo e Warlla Melo com orientação do professor André Fermoseli e coorientação do professor Madson Barreto, da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), teve como objetivo comparar os níveis de empatia afetiva e cognitiva das três áreas de conhecimento em três campus diferentes (Unit Alagoas, Unit Pernambuco e Unit Sergipe).

Com um total de 519 alunos participantes de 26 cursos de graduação, a pesquisa mostrou que os estudantes da área de saúde possuem maior grau de empatia total (72,42%). Ao separá-las por domínios, a empatia afetiva fica com 49,39% e a cognitiva 24,29%. Os estudantes de humanas vêm logo depois com 70,42% de empatia total e por último os de exatas com 69,33%.

Jaiel explica que, assim como em alguns estudos, as diferenças apresentadas podem estar relacionadas a alguns fatores como as distintas disciplinas de cada curso, a idade, bem como ao sexo, tendo em vista que os curso da saúde possuem mais estudantes do sexo feminino e os cursos das exatas do sexo masculino.

De acordo com a pesquisa, o desenvolvimento da habilidade empática pode contribuir principalmente em tornar os indivíduos mais capacitados socialmente. Como futuro profissional, o estudante universitário que desenvolver melhor essa habilidade social poderá apresentar maior bem-estar pessoal e desempenho na profissão, além de uma boa relação com seus pacientes ou clientes.

O graduando de Psicologia considera a sua participação numa pesquisa de Iniciação Científica (IC) como uma oportunidade de desenvolver habilidades e competências como estudante. “Sem dúvida é um conhecimento que adquirimos e que levamos para nossa carreira como futuro profissional, pois na IC é onde podemos nos desafiar a ampliar nosso aprendizado com dedicação e curiosidade”.

Para conferir o resultado completo da pesquisa clique aqui.

Compartilhe: