MENU

Os benefícios sociais e econômicos da nova Fits Goiana

Com integração total à comunidade, quinta escola médica do Grupo Tiradentes chega com o compromisso de contribuir para o desenvolvimento da região de Goiana (PE)

às 18h32
Goiana tem mais de 80 mil habitantes e se firma como um pólo industrial em crescimento no interior de Pernambuco
Goiana tem mais de 80 mil habitantes e se firma como um pólo industrial em crescimento no interior de Pernambuco
Compartilhe:

A chegada de uma faculdade ou universidade traz muitos ganhos para uma cidade, uma região e até um estado, contribuindo para o desenvolvimento econômico e a melhoria das condições de vida da população. Estas melhorias passarão a ser mais vividas a partir de agora em Goiana, município da região Mata Norte de Pernambuco, que agora passa a contar com a Faculdade Integrada Tiradentes (Fits), ofertando o curso de Medicina. O funcionamento da Fits Goiana foi autorizado nesta semana pelo Ministério da Educação (MEC), e as primeiras aulas estão marcadas para o dia 5 de julho. 

Com mais de 80 mil habitantes, Goiana fica na divisa com a Paraíba e no meio do caminho entre duas importantes capitais nordestinas: Recife e João Pessoa. A cidade tem 453 anos de fundação e já foi sede da antiga Capitania de Itamaracá, no antigo Brasil Colônia. Hoje, ela se firma como um polo industrial em crescimento, principalmente com as fábricas da Fiat/Chrysler e da Hemobrás, estatal responsável pela produção de medicamentos hemoderivados, cuja unidade está em obras de conclusão. 

“O Grupo Tiradentes acredita muito no estado de Pernambuco, pelo seu potencial econômico e social, pelos seus pólos industriais e importância no nordeste. Acredita também no potencial da região e pretende consolidar sua marca através da oferta de Medicina, como também de outros serviços educacionais. Por isso, o Grupo pretende fazer investimentos para que o curso de Goiana seja também uma referência na comunidade médica, como seus cursos já implantados são”, disse a professora Vanessa Piasson, diretora-geral da Fits e reitora do Centro Universitário Tiradentes (Unit Pernambuco), ressaltando ainda que os futuros médicos ali formados “atuarão socialmente para o desenvolvimento da região”. 

A escolha da cidade para a criação da Fits surgiu a partir de um chamamento público aberto em 2018 pelo Programa Mais Médicos, do governo federal, que promove a abertura de cursos de Medicina em regiões com carência de profissionais do ramo. De acordo com Vanessa, o município de Goiana foi habilitado dentro dos critérios do Mais Médicos e firmou com o Ministério da Educação (MEC) o compromisso de adequar sua rede municipal como campo de prática para a faculdade vencedora do chamamento. 

A vencedora acabou sendo a Fits, que apresentou a melhor proposta, os planos de contrapartida e as melhores avaliações do certame, devido à sua expertise na oferta de graduação nas áreas de Saúde e Medicina. Entre as contrapartidas, está a implantação de residências médicas desde o primeiro ano da instituição, em programas voltados a áreas prioritárias; a destinação de 10% da receita do curso médico para investimentos no Sistema Único de Saúde (SUS), sendo esta revertida para a melhoria de equipamentos da saúde e formação de profissionais da rede municipal; e um programa de bolsas de estudos para alunos residentes em Goiana, reservando 10% das vagas anuais.

Para Vanessa, essas contrapartidas terão impacto positivo na comunidade, fazendo com que a população de Goiana e região ganhe muito com o novo curso da Fits. “Isso proporcionará uma abordagem qualitativa e benefícios na comunicação e informação. Além disso, os programas de residência já contribuirão com médicos em formação atuando no município. As contrapartidas em equipamentos e estrutura da saúde tornarão Goiana atrativa para médicos e a comunidade terá serviços melhores estruturados. E os estudantes de Goiana poderão concorrer ao programa de bolsa para medicina, podendo, no futuro, atuar em sua região também”, destacou.

Parcerias

Os benefícios desta parceria são viabilizados através das parcerias do Grupo Tiradentes com a Prefeitura de Goiana e a Secretaria Estadual de Saúde de Pernambuco. E eles começaram ainda no processo de implantação da Fits. Em 2020, no início da pandemia do novo coronavírus, o Hospital Belarmino Correia, principal unidade pública de saúde de Goiana e região, recebeu do grupo uma doação de cerca de 5 mil máscaras, 200 litros de álcool 70% e uma brinquedoteca completa com 47 itens.

A reitora destaca que os profissionais formados na Fits Goiana terão sua atuação mais dedicada à comunidade local, o que vai impulsionar as melhorias da saúde da população. “A Fits atende aos critérios e propostas do Programa Mais Médicos, que prevê a fixação de mais médicos no município que recebe a faculdade, e pretende ajudar na melhoria da estatística da saúde, construindo através da formação de médicos para a melhoria da qualidade de vida e o desenvolvimento da região. O projeto pedagógico contempla a integração com o cenário local. Os estudantes de Medicina atuarão fortemente na região, terão vivências práticas desde o primeiro período na atenção primária e de acordo com a evolução da matriz curricular”, destaca. 

Com a Fits Goiana, o Grupo Tiradentes passa a ter três unidades em Pernambuco, somando-se à Unit Pernambuco, no Recife, e à Fits Jaboatão, em Jaboatão dos Guararapes, também implantada em 2018 através do Programa Mais Médicos – e igualmente com contrapartidas em benefício da população local. E em nível geral, passa a ter cinco escolas médicas, contando com as de Aracaju (SE), Estância (SE) e Maceió (AL)

Asscom | Grupo Tiradentes 

Compartilhe: