MENU

O ano do Tigre

Ano novo lugar é comemorado na China e em outros países. O ano que se inicia neste 01/02 é do Tigre

às 21h37
Compartilhe:

Você deve ter visto no dia de hoje o símbolo do Tigre em alguma rede social, ou na aba inicial da página de pesquisa Google. Isso porque nesta terça-feira, 1º de fevereiro, se inicia o ano novo lunar para 2022, comemorado na China, na Ásia Oriental e em outras regiões. O ano que se inicia nesta terça-feira é do tigre e as celebrações incluem festivais, reuniões familiares, desfiles de rua e orações.

O Ano Novo Lunar é o início de um ano civil cujos meses são ciclos lunares, com base no calendário lunar ou calendário lunisolar. É particularmente comemorado em países do leste e sudeste da Ásia, sendo influenciado pelo calendário lunisolar chinês

E uma curiosidade no calendário chinês: os anos são dedicados a animais. São doze, que se intercalam: Rato, Boi, Tigre, Coelho, Dragão, Serpente, Cavalo, Carneiro, Macaco, Galo, Cão e Porco (ou Javali). 

Essa relação com os animais vem do budismo. Na mitologia dessa religião, ao decidir como seria o calendário, Buda convocou uma reunião com os bichos. Mas só 12 apareceram para o encontro. Por isso, eles foram homenageados de acordo com sua ordem de chegada.

O ano do Tigre

Segundo a tradição, o tigre é considerado o rei dos animais e pode ser interpretado como um símbolo de poder, coragem, confiança, força e liderança – é também um animal que espanta mau agouros.

O Ano do Tigre também pode ser associado à vitalidade e força, de acordo com a mitologia chinesa, e vem sendo encarado como um ano “definitivo” para o fim da pandemia.

Com G1

Compartilhe: