MENU

Mudanças na Odontologia e no perfil dos profissionais são cerne de nova Live Tiradentes

Live pode ser conferida no canal da Unit/AL no Youtube

às 13h30
Live discutiu sobre o futuro da Odontologia
Live discutiu sobre o futuro da Odontologia
Compartilhe:

As mudanças na gestão das clínicas odontológicas, o perfil dos futuros profissionais e a crescente valorização do cirurgião dentista no ambiente hospitalar foram alguns dos pontos elencados na Live ‘Odontologia: Como será a realidade pós-pandemia?’, realizada na tarde desta quarta-feira (27), no canal do Centro Universitário Tiradentes (Unit/AL) no Youtube.

A discussão contou com uma participação do especialista em gestão Martinho Nery Filho, além dos já aguardados Laura Mello Figueiredo, Felipe Brêda e Henrique Barros, tendo sido mediada pelo coordenador do Unit Biz, Marco André Ramos. O reitor da Unit/AL, Dario Arcanjo de Santana, compareceu mais uma vez para deixar palavras de boas-vindas.

O primeiro ponto levantado no debate foi as mudanças na biossegurança que a pandemia do novo coronavírus trouxe e seguirá trazendo ao trabalho dos dentistas, o que Laura Mello respondeu com bastante propriedade que este é mais um passo na contínua jornada de aperfeiçoamento dos protocolos de segurança inerentes à clínica odontológica.

“Já passamos por isso em outras ocasiões, com novos cuidados e protocolos para paciente e equipe na década de 1990 com o HIV e em 2009 com o H1N1, uma epidemia que muita gente não lembra. O que teremos agora é fazer uma pré-consulta por telefone com o paciente, checar se ele não teve algum sintoma da Covid, que ele venha de máscara e com apenas uma acompanhante, se preciso, para evitar aglomeração na clínica. Esta será mais uma etapa em nossa evolução”, assegurou Laura Mello, que também é coordenadora do curso de Odontologia da Unit/AL.

Em seu papel como cirurgião dentista – ele participou da live diretamente de Arapiraca, onde estava para plantão em um hospital da cidade –, Henrique Barros apontou o reforço na utilização de equipamentos de proteção individual (EPIs), mesmo para atendimentos não-cirúrgicos, diante do grande contato com aerossóis e da possibilidade de contaminação por Covid-19. E, por outro lado, que o vírus trouxe uma clareza maior sobre o diferencial de um profissional da Odontologia na equipe.

“Está sendo vista cada vez mais [a importância da] presença do cirurgião dentista com habilitação em Odontologia Hospitalar dentro das UTIs, atendendo esses pacientes críticos. Que esse profissional consegue melhorar a qualidade da resposta desses pacientes com relação ao tratamento, evitando infecções secundárias, principalmente as pneumonias, que são muito comuns”, apontou Henrique Barros.

Gestão e carreiras

O outro ponto de grande destaque foi a importância que a gestão terá nesse novo momento do mundo e da Odontologia. Profissionais em atuação e os que entrarão no mercado de trabalho vão precisar pensar muito no diferencial que irão oferecer aos clientes, já que trabalhar por volume não será mais tão viável, pois o número de atendimentos diários terá que ser reduzido para evitar acúmulo de pessoas em salas de espera.

Nesse sentido, será preciso avaliar os custos do negócio: manutenção do local, equipe, equipamentos, insumos, e a própria precificação do serviço do dentista. Além do material importado, o que ele terá a oferecer que possa não só convencer o cliente a resolver um problema, mas cativá-lo para seguir em acompanhamento dentário preventivo por vários anos?

“Se os cirurgiões dentistas se mostrarem abertos a se reinventar, a aprender mais de gestão, talvez isso melhore muito o desempenho deles na profissão. E talvez, quem sabe, nossos cursos de graduação tenham abertura para formar empresários também, porque se não tiverem conhecimento de gestão, liderança, controle financeiro e visão de longo prazo, correm o risco de terem que abandonar a profissão, porque não irão resistir”, defendeu Felipe Brêda.

Convidado especial, Martinho Nery corroborou esta afirmação. “É um processo de reinventar uma das profissões mais antigas e mais tradicionais da humanidade. A Odontologia hoje é outra, você tem que entender, claro, da sua especialização, ‘da boca do paciente’, mas também tem que saber calcular seu share time, quanto custa seu tempo?”, provocou.

Para acompanhar toda a discussão da live desta quarta-feira, basta acessar https://www.youtube.com/watch?v=mBkUvXsdhD8, pois todas as Lives Tiradentes ficam salvas no canal da Unit Alagoas no Youtube.

Compartilhe: