MENU

Letras de Câmbio são opções de investimentos fixos mais rentáveis

Com mais vantagens de rendimento em relação à poupança, as letras de câmbio são um tipo de empréstimo emitido apenas a instituições financeiras

às 21h44
As Letras de Câmbio são oferecidas por instituições financeiras que captam dinheiro dos investidores, pagando juros e correção monetária (Unsplash)
As Letras de Câmbio são oferecidas por instituições financeiras que captam dinheiro dos investidores, pagando juros e correção monetária (Unsplash)
Compartilhe:

Tem muitas pessoas que, por não conhecer sobre os tipos de investimentos, buscam apenas corretores da Bolsa de Valores e a famosa poupança. São as opções que primeiro vêm à cabeça ao se falar de investimento. Mas há outras que são consideradas tão seguras quanto a poupança, e sem a instabilidade de mercado como a bolsa de valores. Entre elas, estão as Letras de Câmbio (LCs). 

Tratam-se de títulos cujo rendimento é conhecido antecipadamente, podendo pagar juros maiores que os da poupança. “As LC’s podem ser remuneradas a uma taxa de juros fixada previamente ou atrelada a indexadores já definidos, como taxa de câmbio ou de inflação, taxa de juros, etc.. São oferecidas por instituições financeiras e representam uma ordem de pagamento”, explicou o economista Edgard Leonard Meira, professor do curso de Administração do Centro Universitário Tiradentes (Unit Pernambuco)

Ao adquirir um destes títulos, a pessoa está ‘emprestando’ seu dinheiro para a empresa que o emitiu. Em troca, receberá o valor acrescido de juros e correção monetária. Vale lembrar que esse retorno ocorre dentro de um prazo combinado no ato da compra, podendo variar de alguns meses até anos. Assim, é preciso atenção à questão da liquidez.

“As instituições emitem as LC’s com o objetivo de captar recursos para suas operações financeiras. Antes de começar a investir nelas é preciso saber que é determinado um valor mínimo para o investimento, normalmente a partir de R$ 1 mil; e há um período de carência em que o investidor não poderá retirar os recursos aplicados. Além dos impostos, que serão retidos na fonte, ficando a instituição financeira responsável por emitir um informe de investimentos que será inserido na Declaração de Ajuste Anual”, orientou o professor.

As letras de câmbio são investimentos de baixo risco, mas investir nelas pode ser prejudicial, especialmente se indicadores como o IPCA ou a taxa de juros aumentarem durante o período. Também são protegidas pelo Fundo Garantidor de Crédito (FGC), um fundo privado mantido por todos os bancos e instituições financeiras do país, que pode ressarcir os clientes caso uma delas quebre ou enfrente dificuldades. “A garantia do FGC significa que, se a financeira fechar e falir, a pessoa tem a garantia de receber o dinheiro aplicado de volta e mais o rendimento até o limite de R$ 250 mil”, conclui Edgard.

Asscom | Grupo Tiradentes

Compartilhe: