MENU

Julho verde: mês é dedicado à conscientização e combate ao câncer de cabeça e pescoço

Data foi instituída pela Sociedade Brasileira de Cirurgia de Cabeça e pescoço - SBCC

às 18h35
Compartilhe:

Julho verde é o mês dedicado ao Dia Mundial de Prevenção do Câncer de Cabeça e Pescoço. A data foi instituída pela  Sociedade Brasileira de Cirurgia de Cabeça e Pescoço (SBCCP) em alusão ao Dia Mundial de Conscientização e Combate ao Câncer de Cabeça e Pescoço, 27 de julho, que passou a fazer parte do calendário oficial do Ministério da Saúde, com o apoio da Organização Mundial da Saúde (OMS) e da União Internacional para o Controle do Câncer.

O objetivo da campanha é proporcionar conscientização popular sobre tumores na região acima do pescoço, caracterizado pelos tumores de lábios, cavidade oral, faringe, cavidade nasal e tireoide. Segundo a última estimativa brasileira, realizada em 2018, o câncer de cabeça e pescoço é o  quinto tumor mais frequente, inclusive no sexo feminino. Já segundo o Instituto Nacional do Câncer – INCA, a segunda maior incidência de cânceres em homens é o de cabeça e pescoço. 

“O câncer de cabeça e pescoço abrange a língua, boca, laringe, faringe, seios paranasais, cavidade nasal, glândula salivares, ossos da face, tireoide e pele. Para detectá-lo é necessária uma análise clínica e ficar atento aos sintomas”, aponta Carlos Queiroz, enfermeiro oncologista e professor do Centro Universitário Tiradentes (Unit/AL)

Quando o assunto é câncer de cabeça e pescoço, alguns fatores como tabagismo, consumo de bebidas alcoólicas devem ser considerados, além disso, a infecção pelo papilomavírus humano (HPV), que é um grande causador do câncer de faringe, principalmente entre os jovens. Inicialmente, o câncer de cabeça e pescoço pode ser silencioso, por isso, é importante prestar atenção com sintomas como: 

  • Aparecimento de nódulo no pescoço;
  •  Manchas brancas ou avermelhadas na boca;
  •  Ferida que não cicatriza em duas semanas;
  •  Dor de garganta que não melhora em 15 dias;
  •  Dificuldade ou dor para engolir;
  •  Alterações na voz ou rouquidão por mais de 15 dias.

“É importante enfatizar que nem sempre estes sinais e sintomas virão associados, isso se dará ao tempo e à gravidade da doença, sendo crucial observar o primeiro a aparecer”, reforça o enfermeiro.

Além disso, alguns cuidados podem contribuir com o controle e prevenção da doença, como: evitar tabagismo e consumo de bebidas alcoólicas em excesso; uso de preservativos nos atos sexuais; está em dia com a vacina contra HPV; alimentação equilibrada; cuidados na higiene bucal; ir regularmente em médicos e dentistas. 

Os alunos da Unit Alagoas irão celebrar essa data promovendo uma ação de conscientização sobre julho verde, e você pode ter mais informações lendo a notícia em: noticias/acao-levara-conscientizacao-… – Unit Alagoas.

*Com Sociedade Brasileira de Cirurgia Oncológica 

Compartilhe: