MENU

Instituições do Grupo Tiradentes oferecem ensino híbrido qualificado para alunos

Tiradentes Innovation Center foi fundamental nesse processo, pois fez pesquisa aprofundada para encontrar o modelo de câmera mais adequado para transmissões

às 12h05
Modelo de sala de aula híbrida das IES oportuniza que os alunos assistam aulas de modo remoto, presencial ou misto (Fotos: Tiradentes Innovation Center)
Modelo de sala de aula híbrida das IES oportuniza que os alunos assistam aulas de modo remoto, presencial ou misto (Fotos: Tiradentes Innovation Center)
Compartilhe:

Equipamento moderno oferece a melhor experiência de captação de imagem e de áudio, além de acompanhar os movimentos dos professores durante as aulas

O Grupo Tiradentes (GT) oferece o modelo HyFlex (aulas simultâneas) para os alunos de suas Instituições de Ensino Superior (IES) graças a uma positiva experiência híbrida, a qual utiliza equipamento moderno e conta com planejamento técnico e pedagógico. O Tiradentes Innovation Center (TIC) foi fundamental nesse processo, pois realizou trabalho de pesquisa aprofundado a fim de encontrar o modelo de câmera mais adequado para transmissões de aulas em tempo real, além de reunir profissionais que pudessem realizar estudos e ofertar condições qualificadas de ensino para os discentes.

A pedido da Presidência e Vice-presidência Acadêmica do GT, o TIC encontrou a ferramenta mais adequada para transmissões de aulas em tempo real. O equipamento adotado foi a Polycom, que oferece a melhor experiência de captação de imagem e de áudio, além de acompanhar os movimentos dos professores durante as aulas.

O modelo de sala de aula híbrida das IES oportuniza que os alunos assistam aulas de modo remoto, presencial ou misto (nestes dois últimos casos apenas é permitida a presença de estudantes em cursos e condições autorizados por decretos do governo estadual e também do municipal, e que sigam os protocolos de biossegurança). A câmera Polycom, instalada em salas de aula adaptadas, consegue captar não só as falas dos professores, como também dos estudantes que estão no mesmo ambiente, oportunizando uma experiência diferenciada.

De acordo com o coordenador de Marketing e Produtos Educacionais do TIC, Leonardo Sales, a busca por um equipamento que viabilizasse o modelo HyFlex iniciou no fim de 2020 e foi motivada pelo retorno de algumas aulas presenciais e também num momento pós-pandemia.

“Este é um projeto muito especial e todo o Tiradentes Innovation Center se mobilizou para pensar na melhor estrutura tecnológica e experiência para alunos e professores. Fizemos vários testes até março de 2021 e entendemos como a câmera se comportaria nos diferentes modelos de sala de aula. Estudamos os ambientes para saber o melhor posicionamento do equipamento e oferecer a melhor experiência de captação de imagem e áudio”, conta Leonardo, acrescentando que a câmera contém alto falantes embutidos.

O professor Antenor Neto, do curso de Educação Física da Unit SE, foi o primeiro a utilizar a novidade na unidade de ensino e acredita no poder das ferramentas digitais para a transformação do setor. “O recurso tecnológico possibilita uma interação constante entre docente, aluno presencial e o online. Essa era uma ferramenta muito esperada por todos nós e estou muito satisfeito de fazer parte desse momento, reconhecendo que os equipamentos digitais são fundamentais para promover o ensino e para a Educação de forma geral”.

Tecnologia de ensino

O coordenador do Fab Lab do TIC, Marcelo Maynart, explica que a câmera Polycom tem controle de ruído, ou seja, caso haja muita conversa na sala de aula de modelo híbrido, o equipamento consegue ocultá-la para quem está recebendo o áudio em casa. Ele comenta ainda que no mês de abril foi iniciada a instalação das câmeras nas unidades do Grupo Tiradentes, localizadas em Sergipe (Unit), Alagoas (Centro Universitário Tiradentes) e Pernambuco (Centro Universitário Tiradentes e FITS).

Os técnicos do Fab Lab, do Centro de Inovação, foram os responsáveis por projetar o suporte de fixação do equipamento, permitindo o melhor posicionamento da câmera em diversos layouts de salas disponíveis no Grupo Tiradentes. 

Apesar de a câmera ter a possibilidade de acompanhar a movimentação do professor em sala de aula e de dar zoom automaticamente, Leonardo Sales conta que também é permitido fixar o enquadramento e controlar as mudanças via controle remoto, que pode ser manuseado pelo próprio docente. Ele ainda destaca que o equipamento se conecta aos principais softwares de videoconferência. 

Para auxiliar as unidades do GT na instalação e manuseio do equipamento, o Tiradentes Innovation Center montou um Playbook com orientações, além de vídeos tutoriais, segundo conta o técnico de laboratório e inovação do Fab Lab do TIC, Jerônimo Oliveira de Jesus. O suporte também é oferecido pelos professores Cassius Gomes, Simone Amorim e Alana Vasconcelos, do Observatório da Educação Tiradentes (OBET), que estão estudando a metodologia e dando suporte às unidades e a outros docentes sobre como utilizar a tecnologia. 

O OBET também contribuiu oferecendo sua percepção sobre a câmera e pensando em como usufruí-la pedagogicamente da melhor forma. Os três professores do Observatório vão continuar os estudos sobre o uso da tecnologia para seguir aprimorando o modelo.

Tiradentes Innovation Center

O TIC é pioneiro no Brasil e na América Latina como Centro de Inovação voltado à Educação e está situado em Sergipe, na Universidade Tiradentes. Com espaços físicos confortáveis, criativos e inovadores, que abrangem recursos tecnológicos de última geração, o TIC promove a conexão entre pessoas, startups, empresas e organizações. 

O Tiradentes Innovation Center conta com espaço coworking para startups de educação, salas privativas, espaço relax, cabines de reunião, salas de videoconferência, laboratórios de sala de aula, arenas interna e externa, espaço aberto multiuso e, por fim, laboratório experimental e de prototipagem.

Asscom Grupo Tiradentes

Compartilhe: