MENU

Unit se reúne com empreendedores de Portugal

A PDMFC, faz parte do grupo PDM SA, e desenvolve o ecossistema da tecnologia e inovação em Portugal, Rio de Janeiro e São Paulo

às 18h27
Compartilhe:

Nesta segunda-feira (08), a Unit Alagoas recebeu uma comitiva de empreendedores de Portugal, da PDMFC – que desenvolve o ecossistema da tecnologia e inovação em Portugal, Rio de Janeiro e São Paulo. A visita teve como objetivo conhecer a instituição de ensino superior, bem como formar parcerias para a formação em tecnologia e captação de talentos na área.

A visita foi realizada pelo COO (Diretor de Operações) Francisco Loureiro e o Diretor de Transformação Digital, João Henrique, e contou com a presença do Reitor da Unit/AL, Dario Arcanjo de Santana; do Pró-reitor de Marketing, Relacionamento e Vendas, Paulo Gustavo Calado; do professor e coordenador do Projeto Mentoria, Sérgio Accioly; e de coordenadores dos cursos de Exatas, Ciências da Computação e de Arquitetura e Urbanismo.

O professor Sérgio Accioly destacou que o desenvolvimento de um ecossistema empreendedor parte das oportunidades e necessidades do cenário/mercado que fazemos parte. “O Programa Mentoria, assim como os diversos trabalhos extensionistas da Unit AL tem um papel fundamental, fomentar o protagonismo de todos e todas que fazem parte desse movimento. Ter o propósito em executar projetos que impulsionam o crescimento dos nossos discentes está no cerne do nosso Programa Mentoria e é por isso que visualizamos uma boa parceria com a PDM SA”.

A PDMFC é um empreendimento português, que faz parte do grupo PDM SA, o qual possui atualmente 14 empresas no seu portfólio, em sua maioria atuantes no segmento de tecnologia da informação e comunicação, espalhadas em mais de 20 países da Europa e América Latina. Possui cerca de 200 funcionários, destes, 36 atuantes no Brasil. 

A visita em Alagoas tem como objetivo conhecer o ecossistema de inovação e tecnologia local, com o intuito de no futuro se instalar em Maceió. Com isso, deseja formar parcerias com os players locais, como universidades, institutos de pesquisa, governo e Sistema S. Além disso, possui grande interesse na formação em tecnologia de alagoanos e atração de desenvolvedores e engenheiros de software. 

Compartilhe: