V E S T I B U L A R UNIT
MENU

Estudantes retornam do intercâmbio com bagagem de conhecimento

A aluna Larissa Gomes conta como foi sua experiência e incentiva mais pessoas a fazerem

às 21h08
Larissa Gomes cursa Jornalismo no Centro Universitário Tiradentes – Unit. No ano passado, ela conta que ficou sete meses no México, na cidade de Puebla, durante um período da faculdade. Durante a temporada, Larissa conta que aproveitou para fazer algumas viagens e conhecer outras cidades e estados além do objetivo principal, que era praticar o idioma e conhecer melhor o Jornalismo mexicano.
Alguns dos estudantes que voltaram do exterior
A aluna Larissa Gomes em viagem que fez pelo México
Compartilhe:

Em todos os períodos da Unit, essa história se repete e mais alunos embarcam nessa oportunidade única na vida acadêmica. Os hábitos mudam, e o intercambista vai se adaptando à cultura local. No caso de Larissa, ela conta que uma das coisas mais difíceis foi se adaptar à comida apimentada e que também passou por desafios durante a jornada.

“Adoeci nas primeiras semanas pela mudança brusca de temperatura. Ao amanhecer o termômetro marcava 9°C, de tarde 25°C e de noite caía novamente para a temperatura do começo do dia. Ficar longe da minha família também não foi fácil, principalmente nessas horas. Além disso, como estudo comunicação, eu tinha que escrever tudo em espanhol e me expressar bem no idioma novo, então acho que esse foi o meu maior desafio”, diz a aluna.

No edital consta mais de 10 países disponíveis para estudar um semestre, podendo renovar por mais outro. As inscrições vão até o dia 04 de outubro. Para mais informações, basta acessar o link https://www.grupotiradentes.com/intercambio/promai/ ou procurar o setor de Relações Internacionais no bloco A.

E aos interessados, Larissa aconselha aproveitar todas as oportunidades que a universidade de destino oferece.

“É uma chance única de conhecer e se aprofundar na cultura deles de maneira intensa. Conversar com as pessoa que vivem lá é um ponto chave para aprender a falar fluentemente e de forma mais rápida o idioma nativo, caso a língua seja uma barreira para quem vai. Se puder viajar para mais lugares, isso também vai agregar muito valor ao intercâmbio”, conta.

Compartilhe: