MENU

Entenda sobre a Endometriose

Ação inflamatória da endometriose atinge parede interna do útero

às 18h13
Compartilhe:

O útero tem como revestimento uma mucosa interna chamada endométrio, que, ao final de cada ciclo menstrual, deve ser expelida por meio da menstruação. 
Modificando a funcionalidade normal do organismo, a endometriose ocorre quando as células do endométrio, que deveriam ser expelidas, caem nos ovários ou cavidade abdominal, permanecendo no corpo humano. 

A endometriose pode ocorrer de forma assintomática ou apresentar sintomas como:  Cólica menstrual, que pode se intensificar conforme a doença evolui; Dores durante as relações sexuais; Sangramento intestinal ou urinário durante o ciclo menstrual; Infertilidade. 

A doença pode ser diagnosticada com exames laboratoriais e de imagens, mas para ter a certeza, é necessário uma biópsia. As mulheres mais jovens, conseguem realizar o tratamento com o uso da pílula anticoncepcional (lembrando que, esse remédio deve ser prescrito por um médico)  e que a endometriose costuma regredir com a menopausa. 

Atualmente, é previsto que uma a cada dez mulheres do país possuam endometriose. Por isso, durante o mês de março foi instituída uma campanha para conscientizar a população sobre a doença inflamatória.

Com ações e eventos, o ‘março amarelo’ vem conscientizando sobre a importância de ter um acompanhamento ginecológico, realizar exames preventivos, e assim, ter diagnóstico precoce de algumas doenças, melhorando assim o tratamento e qualidade de vida. 

É importante lembrar que também durante o mês de março há o ‘março lilás‘, que promove a prevenção contra o câncer do colo do útero.

*Com site Drauzio Varella

Compartilhe: