MENU

Em casa e além das fronteiras

Mesmo com a pandemia, Grupo Tiradentes mantém parcerias com universidades estrangeiras e viabiliza intercâmbio com atividades virtuais para estudantes

às 16h00
Programas de intercâmbio entre universidades podem ser mantidos através das tecnologias de comunicação (Facebook.com/Intercambio-Virtual)
Programas de intercâmbio entre universidades podem ser mantidos através das tecnologias de comunicação (Facebook.com/Intercambio-Virtual)
Danielle Siqueira Vieira, aluna de Engenharia Mecânica da Unit Sergipe
Davi Augusto Soares, estudante de Psicologia da Unit Sergipe
Compartilhe:

É possível continuar com um intercâmbio acadêmico no exterior, mesmo em tempos de pandemia? Uma iniciativa do Grupo Tiradentes está provando que sim. As unidades da Universidade Tiradentes (Unit) em Sergipe, Alagoas e Pernambuco, além da Faculdade Tiradentes (Fits), mantiveram o Programa de Mobilidade Acadêmica Internacional (ProMAI), que desde o início da pandemia, passou a ser viabilizado através de aulas virtuais, realizadas através da internet. As universidades que fazem parte do programa foram escolhidas dentre as mais de 70 parcerias internacionais do Grupo Tiradentes

As instituições já mantinham intensas relações de parceria com as instituições do Grupo Tiradentes, o que permitiu a mudança na modalidade de ensino para adaptar os programas de mobilidade acadêmica às restrições de viagem impostas pelos governos dos países. “É possível oferecer esse formato exatamente porque temos convênios de cooperação duradouros com Instituições de Ensino Superior estrangeiras. O convênio prevê várias formas de cooperação e garante que sempre buscaremos formas de ampliar e adaptar os nossos processos de mobilidade. Daí surgem as mobilidades virtuais, já que a pandemia impediu a circulação de estudantes e impossibilitou o modelo tradicional de mobilidades acadêmicas”, afirma a assessora de Relações Internacionais do Grupo, Júlia Gubert.

Neste modelo, as instituições podem ofertar as aulas das disciplinas ao vivo (síncronas), por meio de lives; ou gravadas (assíncronas), por meio de vídeos e outros materiais audiovisuais. Com isso o aluno pode escolher a modalidade, a depender da rotina e da disponibilidade diária, dando-lhe a chance de conciliar estas disciplinas com a grade curricular de sua unidade da Unit aqui no Brasil. 

Um dos que agarraram a oportunidade foi o estudante de Psicologia Davi Augusto Soares, que estuda na Unit Sergipe e faz mobilidade acadêmica desde em janeiro deste ano na Universidad de Monterrey (Udem), em Monterrey, no México. “Essa oportunidade acabou sendo oferecida para mim e aceitei com um pouco de medo porque as aulas seriam ao vivo. Seria necessário ficar ligado no fuso horário e adaptar uma nova a atividade em minha rotina cotidiana”, admitiu ele, que aprovou a nova experiência. “Além de aprimorar meus conhecimentos no mundo da psicologia e expandir minha visão de mundo, o intercâmbio me deu a oportunidade de treinar o espanhol”, acrescenta.

Após essa primeira experiência de sucesso com um número mais reduzido de alunos, o primeiro Edital do ProMAI Virtual será lançado, sob o novo formato, já em Março de 2021. Uma das primeiras instituições estrangeiras a ofertarem essa oportunidade junto ao Grupo Tiradentes foi a Universidad Santo Tomás, em Tunja (Colômbia), que só no segundo semestre do ano passado, habilitou seis estudantes, sendo dois de cada Unit, para cursarem disciplinas virtualmente. Atualmente, são 14 estudantes das Units estão fazendo intercâmbio virtual com três instituições do México: Universidad Popular Autónoma del Estado de Puebla (Upaep), em Puebla; a Udem de Monterrey; e Universidad Anáhuac Mayab, em Mérida. 

Mesmo virtualmente, os alunos que fazem a mobilidade acadêmica recebem toda a orientação da Diretoria de Relações Internacionais do Grupo Tiradentes e das coordenações de Relações Internacionais da Unit em Sergipe, Alagoas e Pernambuco. “Somos sortudos em ter um setor de Relações Internacionais que ajuda em todo o processo, desde a escolha das disciplinas, envio de documentação, dúvidas e questões burocráticas até o acompanhamento para saber se temos alguma dificuldade com a disciplina, fuso horário ou com o idioma, e tudo isso é feito com muito carinho e dedicação. Sou imensamente grata pela oportunidade de participar desse programa e quem sabe quando tudo isso passar eu não possa estar lá presencialmente”, elogia Danielle Siqueira Vieira, aluna de Engenharia Mecânica da Unit Sergipe, que começou seu intercâmbio na Upaep em janeiro deste ano e está construindo o sonho de seguir a carreira acadêmica no exterior. 

Ascom | Grupo Tiradentes

Compartilhe: