MENU

Eles são únicos na linguagem da comunicação

Grupo possui como objetivo promover pesquisas sobre a multidisciplinaridade em linguagem da comunicação

às 11h46
Compartilhe:

Quando o assunto é comunicar alguma informação os professores do Centro Universitário Tiradentes – Unit falam uma única língua. Luzan Beiriz, Danielle Candido e Janaína Galdino conquistaram a aprovação do primeiro grupo de pesquisa multidisciplinar em linguagem da comunicação. O projeto inicia suas atividades neste primeiro semestre e já possui grandes projeções.

O grupo possui como objetivo promover pesquisas sobre a multidisciplinaridade em linguagem da comunicação na dimensão discursiva, semiótica e tecnológica, por meio da análise dos produtos comunicacionais, a fim de qualificar profissionais de comunicação social e de áreas correlatas para a pesquisa e a produção do conhecimento acerca dos estudos da linguagem.

Professores Envolvidos

Luzan Beiriz Goncalves possui graduação em comunicação social: jornalismo pela Universidade Federal De Alagoas, é especializado em gerência e administração em serviço de informação e é mestre em desenvolvimento e meio ambiente pela Ufal. tem experiência na área de comunicação, com ênfase em teoria da comunicação, comunicação organizacional e métodos e técnicas da pesquisa, atuando principalmente nos seguintes temas: desenvolvimento sustentável, sustentabilidade cultural, acessibilidade e informação, profissional da informação, biblioteca, ética e cidadania.

“Não é raro ouvirmos que o Nordeste é uma região pobre em pesquisa. Isto não é verdade. Os pesquisadores brasileiros, dos quais se sobressaem inúmeros nordestinos, em todos os campos do conhecimento, destacam-se entre os melhores do mundo. A deficiência não se deve a sua qualidade, mas aos insípidos recursos financeiros disponibilizados às pesquisas. Dessa forma, o Grupo de Pesquisa Multidisciplinar em Linguagem da Comunicação, do curso de Comunicação Social da Unit/Al, surge como uma plataforma alternativa de reflexão das linguagens comunicacionais que subsidia estudantes e professores na obtenção do conhecimento dos métodos e das técnicas de pesquisa da linguagem da comunicação pensada em sua relação com a sociedade como dimensão da base para o potencial que caracteriza o homem nela inserido”, colocou o professor Luzan.

Danielle Candido é Jornalista por foramção, especialista em Comunicação Empresarial, e atua em Assessoria de Imprensa e Comunicação. É pesquisadora-sócia da Intercom – Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação e desenvolve artigos científicos que abordam assuntos sobre a relação da comunicação com o discurso, consumo, arte e sociedade.

“É preciso repensar a Comunicação e nada melhor do que dar os primeiros passos para essa reflexão já na academia. Na universidade, a tríade ensino-pesquisa-extensão é a base para o crescimento dos discentes, futuros profissionais, e também dos docentes. Agora, o Centro Universitário Tiradentes tem o Grupo de Pesquisa Multidisciplinar em Linguagem da Comunicação, o primeiro da instituição, nesta área. É uma oportunidade de trabalho e também um compromisso com a academia, com o mercado profissional e com a sociedade. É um momento de repensar e de propor novas possibilidades voltadas à pesquisa, ao conhecimento da Comunicação”, colocou Danielle.

Janaína Galdino de Barros é graduada em Comunicação Social, com Habilitação em Relações Públicas pela Universidade Federal de Alagoas. Mestra em Desenvolvimento e Meio Ambiente também pela Ufal. Atualmente é Comunicadora Social, Relações Públicas e atua na Secretaria Estadual de Saúde – SESAU e na Secretaria Estadual de Assistência e Desenvolvimento Social – SEADES. Ministra aulas de Pós-graduação no Centro Universitário Tiradentes – Unit nas áreas de Gestão, Inovação, Gestão de Projetos e Gestão de Marketing, Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável e também é docente da graduação do Unit.

“Esse projeto terá um impacto positivo no que consiste em desenvolver a Comunicação e a Linguagem através das Tecnologias da Informação e Comunicação, da Semiótica e da Linguagem frente aos processos comunicacionais. É importante salientar que a aprovação do grupo de pesquisa trará para a Unit e, consequentemente, para a capital Alagoana resultados teóricos e práticos que ajudem a sociedade a compreensão e segmentação da Comunicação, como forma de melhorar, consubstancialmente, a multidisciplinaridade”, afirmou Janaína.

Compartilhe: