MENU

Dia Nacional de Conscientização sobre a Esclerose Múltipla: conheça mais sobre a doença

A doença autoimune afeta o funcionamento do sistema nervoso central

às 14h06
Compartilhe:

Em 2006, através da Lei Federal de número 11.303 de 11/05/2006, foi celebrado pela primeira vez, em 30 de agosto, o Dia Nacional de Conscientização sobre a Esclerose Múltipla, e buscava trazer a representatividade sobre a visibilidade da Esclerose Múltipla e os desafios dos pacientes diagnosticados com a doença. 

A esclerose múltipla é uma doença inflamatória crônica  autoimune, que afeta o sistema nervoso central, podendo até mesmo alterar o funcionamento da visão, no equilíbrio e a capacidade muscular. De acordo com o Ministério da Saúde, é muito importante que o diagnóstico ocorra, principalmente entre o grupo de pessoas com idade entre 18 e 55 anos. 

Quanto aos sintomas, ainda não se sabe ao certo quais motivos são causadores dessa doença. A hipótese mais conhecida e defendida é que a ação contra os tecidos do sistema nervoso seja induzida pelo próprio sistema imunológico. Porém, alguns sinais podem ser notado em pessoas acometidas com a esclerose múltipla, e são:  perda visual (neurite óptica), diminuição ou perda de movimentos dos membros (paresia), sensação de dormência ou formigamento (parestesia), disfunções da coordenação e do equilíbrio, inflamação da medula espinhal (mielite), além de alterações cognitivas e comportamentais, alterações ligadas à fala e deglutição, fadiga e problemas no trato urinário e digestivo. 

O diagnóstico é realizado através de exames clínicos neurológicos, e confirmados por Ressonância Magnética, Punção Lombar e Potencial Evocado. 

Compartilhe: