MENU

Conheça as lendas e mitos de Alagoas

Lenda urbana ‘A mulher da capa preta’ existe há dezenas de anos, sendo uma das mais famosa do estado

às 20h49
Túmulo da mulher da capa preta
Túmulo da mulher da capa preta
Compartilhe:

Mesmo que os mais novos não tenham conhecimento, Alagoas é um estado riquíssimo de lendas urbanas e mitos. E hoje, vamos te contar uma das mais populares: A mulher da capa preta. 

A lenda narra uma história do início do século XX, quando um homem conhece uma bela mulher em um baile, e assim, eles ficam juntos o resto da noite. Como já era tarde e chovia, o rapaz se ofereceu para a levar até em casa, e assim ele o fez.  Durante o caminho, fazia frio, e ele a cobriu com uma capa. 

A jovem pediu para ficar na porta de um cemitério e lhe passou o endereço de onde morava. No dia seguinte, animado para reencontrar a mulher, ele foi até o endereço que lhe foi dado. Chegando lá, o rapaz descobre que a moça da noite anterior já tinha morrido, e então, ele começa a desconfiar que estavam brincando com a situação. 

Após uma longa conversa com a família e a mãe dela, o jovem é convidado para ir até o cemitério, onde encontrou o túmulo e a capa da noite passada que lhe pertencia. A história diz que a mulher morreu aos 52 anos, mas que na noite de sua aparição ela estava com o aspecto jovem. 

O túmulo existe até hoje e fica localizado no cemitério Nossa Senhora da Piedade, no bairro do Prado, um dos mais antigos da cidade.  No local, há uma réplica em mármore de uma capa preta jogada sobre uma cruz juntamente com a descrição com o nome da mulher, data de nascimento e falecimento em números romanos.  E todo ano, no dia de finados, dezenas de pessoas vão até o túmulo curiosos para ver a tão famosa capa, além disso, a lenda é contada em rodas de amigos e familiares, fazendo com que ela seja uma das mais famosas do estado há décadas. 

Compartilhe: