MENU

Conheça a Política Geral de Extensão do Grupo Tiradentes

Interação com a sociedade, busca por parcerias e partilha de conhecimentos são os princípios adotados nas atividades de extensão das unidades do Grupo Tiradentes

às 20h29
Projeto de extensão do curso de Arquitetura e Urbanismo da Unit Alagoas na Escola Municipal Padre Pinho, em Maceió: interação da Academia com a comunidade
Projeto de extensão do curso de Arquitetura e Urbanismo da Unit Alagoas na Escola Municipal Padre Pinho, em Maceió: interação da Academia com a comunidade
Compartilhe:

As atividades de extensão universitária, promovidas pelas unidades de ensino do Grupo Tiradentes, seguem uma Política Geral que dá as principais linhas e diretrizes dessas atividades. Ela se baseia principalmente nas missões de aproximar a Academia da sociedade e de complementar as atividades de ensino e pesquisa, através desse contato mais próximo com a comunidade e dos serviços a ela prestados. Como podemos ver no dia-a-dia do Grupo Tiradentes, o ensino, a pesquisa e a extensão são os três pilares que permitem à universidade cumprir seu objetivo maior de produzir o conhecimento científico e torná-lo acessível à sociedade, respondendo aos desafios do presente e do futuro.

As políticas de extensão universitária das unidades do Grupo, expressas em seus Programas de Desenvolvimento Institucional (PDIs), têm como um de seus princípios fundamentais a busca pelo impacto e pela ação transformadora, atendendo a interesses prioritários emanados pela sociedade, consolidados em estratégias de desenvolvimento regional e afirmados através de políticas públicas. Outro princípio é o da interação dialógica, que é a capacidade dos atores envolvidos em atentar para o diálogo necessário a ser estabelecido entre Universidade e Sociedade, valorizando a troca de saberes e superando o discurso da hegemonia acadêmica e, através disso, executar ações que minorem as desigualdades e as diversas formas de exclusão. 

As atividades buscam ainda a interação de modelos, conceitos, materiais analíticos e metodologias voltados a estruturar ações de impacto social, bem como fomentar a interação entre ensino, pesquisa, práticas investigativas e extensão. É o reconhecimento que o conhecimento produzido na academia deve ser apropriado pela Sociedade, assim como também pela comunidade interna das instituições de ensino, sempre com o objetivo de melhorar suas condições estruturais, materiais e humanas.

A partir destes princípios expressos em sua Política Geral, as atividades extensionistas das unidades do Grupo estabelecem uma relação positiva e transformadora entre as instituições e a sociedade. Por meio da extensão, os conhecimentos produzidos sob guarda da Academia são colocados à serviço da sociedade, que lhe dá novos conhecimentos em troca, o que socializa e democratiza o saber em via de mão dupla. Isso também permite ampliar os canais de interlocução com os segmentos externos à universidade, através das parcerias, consolidando a formação dos estudantes, proporcionando-lhes experiências profissionais, cidadania e uma atuação socialmente responsável. 

A extensão universitária é gerida pelas Coordenações de Extensão de cada unidade, que também possui os seus Grupos Gestores de Extensão (GGEs), formados por professores indicados pelos cursos. As coordenações são encarregadas de propor programas e atividades de extensão (projetos, ações, eventos, cursos e prestação de serviços), validar e registrar as propostas, firmar parcerias com empresas e órgãos, entre outras atividades. Por sua parte, os grupos gestores têm as funções de efetivar, planejar, desenvolver e acompanhar os programas e as atividades de extensão. 

Aqui, você conhece melhor a Política Geral de Extensão adotada no Grupo Tiradentes

Asscom | Grupo Tiradentes

Compartilhe: