MENU

Como resolver o dilema entre trocar de emprego ou mudar de área

Processo de transição é fundamental para mudar de emprego ou de área; especialistas em carreira orientam planejamento e autoconhecimento

às 22h59
Problemas e demissões geradas pela crise econômica despertou em muitos o desejo de mudar de emprego ou de área profissional
Problemas e demissões geradas pela crise econômica despertou em muitos o desejo de mudar de emprego ou de área profissional
Compartilhe:

Em tempos de pandemia, muita gente ficou com a renda reduzida e muitos, infelizmente, perderam o emprego. Todas essas questões levaram ao aumento da insatisfação com a trajetória profissional. É geralmente neste momento em que vem o questionamento: trocar de emprego ou mudar de área?

O Brasil tinha 14,4 milhões de desempregados no fim de julho deste ano, conforme levantamento do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O volume é referente às pessoas sem trabalho e que buscam uma nova colocação no mercado. Esse panorama indica que, neste momento de retomada de vários setores que foram diretamente afetados pela pandemia, o profissional que busca recolocação precisa se destacar na área em que atua ou seguir um novo caminho e, assim, se dar bem em outra área.

“Essa é uma dúvida cruel para muitos profissionais. Quando isso acontece na trajetória de um profissional, geralmente, ele está passando por alguma situação em seu trabalho que não está legal, algo que faz ele não gostar mais da sua área de atuação, e aí quando isso ocorre, como mudar de área? Como fazer esse processo de transição de carreira?”, diz a gerente do Unit Carreiras, Janaína Machado.

Ela ressalta que esse é um processo natural e que tem se tornado cada vez mais frequente, e entre os motivos também está o aumento da longevidade da população. “A transição de carreira tem se tornado cada vez mais comum, já que a longevidade da nossa geração é maior, e consequentemente a vida produtiva de um profissional é maior, e a gente vai mudar de carreira várias vezes. Mas, para realizar uma transição é preciso parar e fazer um planejamento de carreira. Esse processo vai influenciar um autoconhecimento dos pontos fortes, pontos a melhorar, o que eu preciso mudar, quais os cursos que eu devo ter para atuar na área que eu almejo atuar, e assim, fazer uma transição”, orienta Janaína. 

Asscom | Grupo Tiradentes

Compartilhe: