MENU

Como montar uma carta de motivação pessoal para mobilidade acadêmica

Confira orientações que te ajudarão no momento da preparação deste documento

às 21h34
Compartilhe:

Carta de motivação ou como é conhecida popularmente, a carta de apresentação pessoal, é um dos documentos mais importantes na hora de realizar uma candidatura à mobilidade acadêmica. 

Além dos erros ortográficos, é muito importante que o candidato saiba exatamente as informações adequadas para usar e tornar essa apresentação atrativa e eficiente. Por isso, há uma preocupação muito grande acerca dessa documentação. Por isso, separamos algumas orientações que te ajudarão no momento da preparação para essa fase do processo seletivo, seja para intercâmbio ou até mesmo para trabalhos

O primeiro passo que você deve ficar atento é que a carta de motivação pessoal é um documento onde o candidato deve relatar os motivos pelos quais existe o interesse em participar da seleção. Mostre sua intenção de maneira original, divertida e ao mesmo tempo sucinta e prática. 

Vale lembrar que essa carta é o material  que pode ser considerado  o mais importante de sua candidatura, afinal, ele é todo personalizado para mostrar sua personalidade e desejos de carreira e pessoa, onde o recrutador pode conhecer um pouco sobre você e compreender os seus objetivos. 

Lembre também de sempre incluir experiências passadas que te auxiliaram a chegar nesse ponto da sua vida, seja de maneira pessoal ou profissional, e porque elas te ajudariam nessa nova trajetória. 

No mais, seja claro e direto (evitando enrolações), leia sempre o edital para saber exatamente o que está sendo proposto, informe o local, a data e a quem se dirige o documento, justifique o motivo da candidatura, descreva suas habilidades e experiências, torne sua carta o mais personalizada possível.

Compartilhe: