MENU

Carmem Beatriz Neufeld ministra curso da Unit


às 12h15
Na noite da última quarta-feira, 8, o Centro Universitário Tiradentes – Unit –, através do curso de Psicologia, em parceria com a Associação de Terapias Cognitivas do Estado de Alagoas – ATC AL, realizou um minicurso sobre Habilidades de VidaS. O evento aconteceu no anfiteatro da Pós-Graduação, do bloco C, do campus Amélia Maria Uchôa.
Compartilhe:

Habilidades de vidas são capacidades para comportamento adaptado positivo, que nos possibilitam negociar eficazmente as demandas e desafios cotidianos. Essas habilidades podem ser agregadas em categorias complementares: Habilidades sociais e interpessoais. Habilidades cognitivas e habilidades para manejar emoções.

“Uma das coisas que os profissionais e estudantes precisam se conscientizar é que estamos na era da informação, estamos sempre atrasados, porque muitas coisas estão acontecendo o tempo todo. Enquanto estamos conversando aqui, o povo do outro lado do mundo está publicando um Paper, o que significa que amanhã já precisamos nos atualizar. Essa oportunidade que as pessoas estão tendo é um diferencial fundamental, a Unit e a ATC tem se envolvido para trazer novas possibilidades para Alagoas. Esse curso em especial é voltado completamente para a prática, todos esses que estão aqui poderão aplicar o que aprenderam em seus consultórios, escolas e até na própria vida, porque habilidades para a vida é algo que todos nós precisamos”, afirma Dra. Carmem Beatriz Neufeld.

“A ideia é podermos proporcionar uma ampliação das terapias cognitivas dentro do nosso Estado. A Unit é a única instituição de ensino superior que tem essa disciplina em sua grade curricular. Sempre que é possível a ATC traz profissionais de nível nacional para que eles possam ampliar nossos conhecimentos”, afirma a presidente da ATC e professora Nielky Nóbrega.

Palestrante

Carmem Beatriz Neufeld possui Bacharelado e Licenciatura em Psicologia pela Universidade da Região da Campanha, Mestrado em Psicologia Social e da Personalidade pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul e Doutorado em Psicologia pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul. É Pós-Doutoranda em Psicologia pelo Instituto de Psicologia da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Atualmente é Professor Doutor do Departamento de Psicologia da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto – FFCLRP da Universidade de São Paulo – USP, onde atua na área da Terapia Cognitivo-Comportamental e na área de Psicopatologia da infância e da adolescência.

ATC

No final do século XX, as teorias cognitivas chegaram ao Brasil através de Psicólogos e Psiquiatras pesquisadores que, em 1997, fundaram a Sociedade Brasileira de Terapias Cognitivas (SBTC), em Gramado (RS). A partir daí vários grupos nacionais começaram a organizar-se para o estudo e a aplicação da abordagem cognitivo-comportamental em todo o Brasil.

Em Alagoas, especificamente, a abordagem cognitivo-comportamental começou a ser difundida em 2004 através do Núcleo Alagoano de Psicoterapias Cognitivas (NAPC) criado pelas psicólogas Márcia Prado, Cilene Gameleira e Christiane Peixoto em 2004, em Maceió com a finalidade de desenvolver atividades de ensino e pesquisa, capacitar profissionais de saúde no âmbito das terapias cognitivas, promover eventos de cunho científico e proporcionar assistência psicológica eficaz a portadores de transtornos psicológicos. Para dar continuidade ao desenvolvimento das terapias cognitivas em Alagoas, foi fundada em Maceió e em 2007, a Associação de Terapias Cognitivas de Alagoas (ATC-AL), tendo sido a Psicóloga Márcia Prado sua primeira Presidente. A ATC-AL tem ratificado seu objetivo de articular meios de divulgação, educação e pesquisa científica no estado. A referida entidade conta com uma diretoria itinerante, eleita a cada três anos. Desde 2013 a ATC-AL é presidida pela Psicóloga Nielky Kalliellanya Bezerra da Nóbrega.

 

Compartilhe: