MENU

Biomedicina: em meio à pandemia, área continua em alta

O profissional de Biomedicina tem se destacado ainda mais no campo laboratorial e de pesquisas

às 21h31
Biomedicina reúne várias áreas de atuação, que se destacaram durante a pandemia (Unsplash)
Biomedicina reúne várias áreas de atuação, que se destacaram durante a pandemia (Unsplash)
Compartilhe:

Para quem atua na Biomedicina, a pandemia trouxe mais responsabilidade, trabalho e protagonismo. A atuação do biomédico tem sido essencial na área de diagnóstico laboratorial da Covid-19, utilizando, principalmente, técnicas de RT-PCR em amostras clínicas respiratórias. Na linha de frente no enfrentamento à pandemia, os biomédicos foram imunizados logo na primeira etapa de vacinação em Sergipe.

Durante esse período de pouco mais de um ano de pandemia, o biomédico também tem se destacado ainda mais no campo da pesquisa. Mas, de uma maneira geral, esse profissional também atua nos serviços de terapia, preenchimento facial, perícia criminal e análise ambiental, entre outras.

Além de ter um importante protagonismo nesse momento de crise sanitária que o mundo está vivenciando, a profissão é versátil e permite ao biomédico também atuar no empreendedorismo. Neste sentido, a atuação é possível tanto na área de análises clínicas, que já é bastante conhecida, quanto na área de análises ambientais e a estética, onde o profissional pode montar seu próprio negócio como responsável técnico. 
Diferentemente de outros profissionais, o biomédico profissional é essencial para os serviços de saúde, atua dentro de diversos tipos de laboratórios, em equipes cirúrgicas como perfusionista, na gestão em serviços de saúde, na imagenologia e no controle de qualidade. São muitas as áreas de atuação, porém, nesse momento de pandemia, a profissão está em ênfase na atuação laboratorial.

Asscom | Grupo Tiradentes 

Compartilhe: