MENU

Alunos do curso de Medicina conquistam aceite de cinco trabalhos científicos

Os estudantes são integrantes da Liga acadêmica de Pediatria

às 14h59
Acadêmicos do curso de Medicina do Centro Universitário Tiradentes – Unit conquistam aceite de cinco trabalhos científicos no 1° Congresso Sul-americano, 2º Congresso Brasileiro e 3º Congresso Paulista de Urgências e Emergências Pediátricas. Eles também integram a Liga acadêmica de Pediatria – Lipe, fomentando novos conhecimentos para o segmento.
Compartilhe:

O evento não atende somente a profissionais que atuam na área de emergência, mas também em unidades básicas de saúde, consultórios e ambulatórios pediátricos ou não. Trata-se de um congresso de pediatria geral que abraça todas as suas subespecialidades pediátricas, com foco no paciente gravemente enfermo. Graças aos esforços das presidências e diretorias da SPSP, SBP e SLEPE, o congresso será Sul-americano e por isso enriquecido pela experiência de médicos de outros países.

Devido à constante preocupação e competência dos profissionais dos departamentos da emergência das duas sociedades de pediatria do Brasil e da SLEPE, o programa prevê atualização de tópicos fundamentais e a inclusão de novos temas, ainda não abordados nos congressos anteriores. Ofereceremos também quatorze cursos pré-congresso teóricos e práticos.

Foram aceitos cinco trabalhos e todos eles estão associados à urgência e emergência pediátrica: Envenenamento por carbamato; Acidentes de animais peçonhentos – analise edipemiologica geral, Acidentes de animais peçonhentos – focada no estado de Alagoas e Nova abordagem para crise de asma grave e Suporte básico de vida.

Felipe Manoel Oliveira está representando a liga no Congresso e destaca a relevância da oportunidade “Segundo o presidente do congresso esta edição está batendo recorde de público, pois esta atrás apenas do congresso Brasileiro de Pediatria. É uma honra indescritível estar apresentando esses trabalhos em um congresso de grande porte e de renome nacional. Eu não só tive a oportunidade de me atualizar e adquirir conhecimentos, como também pude fazer contatos com pessoas altamente renomadas no âmbito da pediatria. Diante disso, eu como membro da LIPE e diretor da extensão, fico feliz em poder representar a liga, pois é o momento brilhante para divulgar o estudo e o potencial da liga para outros profissionais de outros estados,  e assim mostrar o quanto estamos evoluindo. Ou seja, é um momento de novas realidades, experienciais e convivências que transformaram em novos aprendizagem . Sem dúvidas, irei voltar com uma bagagem cheia de experiências para ser compartilhadas com todos da LIPE.  ”

O tutor responsável por toda orientação é o professor Marcos Reis, que finaliza dizendo “A Liga de Pediatria (LIPE) iniciou suas atividades no início do semestre. É a primeira liga relacionada à saúde da criança e adolescente da Unit. Tivemos cinco trabalhos aceitos no Congresso Brasileiro de Urgências e Emergências Pediátricas. Todos terão seus resumos publicados em anais. Esse tipo de atividade tem grande importância no desenvolvimento do estudante como futuro profissional da área. Além do impacto dos trabalhos apresentados, os estudantes tiveram a oportunidade de interagir e trocar ideias com Pediatras influentes de outros estados, aumentando assim seu Networking”.

Quem também apresentou um trabalho na modalidade oral foi à aluna Anna Luyza Alves, que faz parte de uma equipe composta pelos estudantes: Anna Luyza Correia dos S. Alves, Bruna Silva Leão Praxedes, Caio Victor Oliveira Ferreira, João Vitor de Omena Jucá e Rodrigo Vasconcelos Torres.

A futura médica apresentou o trabalho intitulado “Análise de antibiogramas em lactentes com infecção do trato urinário” e ela comenta como foi a experiência. “Quando fomos escolhidos para apresentação oral foi de fato uma grande surpresa, afinal estamos falando da realidade da capital de um dos menores estados do país! A experiência foi muito boa, tanto do congresso quanto da apresentação. Foi muito bom poder saber que consegui apresentar algo relevante em nossa cidade para médicos de todo o país, e saber que as coisas aconteceram da melhor maneira possível. A nossa pesquisa mostrou-se relevante num congresso Sul-americano! E saber que eu pude apresentar algo assim, que tive essa oportunidade, é extremamente gratificante! Estou muito feliz com tudo isso”, destaca.

O orientador dela foi o professor Rodrigo Vasconcelos Torres, que detalhou como tudo começou. “Fui procurado pelos meninos e eles me indagaram sobre possíveis trabalhos. Eu já tinha os dados que utilizei em uma pós-graduação e daí os trabalhamos começaram a acontecer em conjunto e submetemos ao congresso. Foi uma surpresa agradável ter sido selecionado para apresentação oral. Os estudantes são muito interessados e vale ressaltar que um desmembramento deste trabalho foi apresentado neste congresso na sessão de pôsteres”.

Liga acadêmica de Pediatria – Lipe

A LIPE é a liga académica de pediatria da UNIT, que foi criada no final do ano passado, ela está sob a orientação do Prof. Dr. Marcos Reis Gonçalves, na qual tem a ajuda dos mestres colaboradores Dayse Isabel Coelho Paraíso Belém, Luisie Schuenck Sacramento Lopes, Rodrigo Vasconcelos Torres e Samir Buainain Kassar. Os membros integrantes e fundadores são Maria Eduarda Prudente Kunzler Alves ,Juliana Lima de Medeiros , Laís de Albuquerque Pinto , Carolina de Castro Carvalho , Felipe Manoel de Oliveira Santos, Marina Monteiro da Costa, Vinícius Januário Lira Pereira , Dennis Cavalcanti Ribeiro Filho, Marcelo Monteiro da Costa, Marilia Ambrósio Cavalcante Leitão, Maria Eduarda Camelo Calado e Monike Emillie de Almeida Carvalho são alunos da instituição do curso de medicina de diversos períodos.

A LIPE tem uma proposta de trazer todo conhecimento da encantada pediatria para os discentes e para sociedade, na qual está será beneficiada também. Estamos já atuando em plantões em alguns hospitais com supervisão dos tutores.

Compartilhe: