MENU

Alunos de Medicina tem trabalhos aprovados em congresso nacional

Trabalhos selecionados para o Congresso Brasileiro de Transplantes de Órgãos também serão publicados em revista internacional

às 14h42
Compartilhe:

Os estudantes de Medicina da Unit Alagoas Artur Bruno Silva Gomes, Francisco Rodrigues Nascimento Junior e Ana Paula Moura Manzini tiveram trabalhos aprovados no XVII Congresso Brasileiro de Transplantes de Órgãos (CBTO), a ser realizado de forma virtual nos dias 21 a 23 de outubro. 

Orientados pela docente Sabrina Gomes, os graduandos terão a oportunidade de compartilhar conhecimento e aprender com profissionais de diversas partes do país e do mundo, pois o evento tem parceria com o Congresso Luso Brasileiro de Transplantes.

“O entusiasmo dos alunos quando esses trabalhos são aprovados é muito gratificante, este para mim é um ponto muito importante. Eles amadurecem cientificamente, vão criando segurança. Tanto é que eles já estão submetendo para congresso internacional. Eles começaram timidamente na Sempesq, Semex e foram crescendo e amadurecendo dentro do próprio curso. O mais importante é que eles vão criando as manhãs e tendo segurança de publicar um trabalho”, comenta a docente. 

Os trabalhos aprovados também serão publicados na revista internacional Transplantation Proceedings (Qualis A4).

Confira os trabalhos aprovados no congresso:

Avaliação da rejeição e dos marcadores em transplante duplo pâncreas-rim

Autores: Artur Bruno Silva Gomes / Ana Paula Moura Manzini / Francisco Rodrigues Nascimento Junior 

Orientadora: Sabrina Gomes de Oliveira

Mapeamento dos preditores de rejeição em transplante pâncreas-rim

Autores: Artur Bruno Silva Gomes / Francisco Rodrigues Nascimento Junior 

Orientadora: Sabrina Gomes de Oliveira

Análise do processo de rejeição em transplante pâncreas-rim 

Autores: Artur Bruno Silva Gomes / Francisco Rodrigues Nascimento Junior 

Orientadora: Sabrina Gomes de Oliveira

SOBRE O CTBO

O XVII Congresso Brasileiro de Transplantes de Órgãos acontecerá em parceria com o Congresso Luso Brasileiro de Transplantes, o Encontro Brasileiro de Enfermagem em Transplantes e o Fórum de Histocompatibilidade da Associação Brasileira de Histocompatibilidade.

O congresso deste ano traz como tema Qualidade e Segurança na doação e no transplante. A ideia é estimular o pensamento crítico, discutir indicadores, metas, ferramentas de gestão e tudo que possa ser incorporado à rotina dos nossos serviços, agregando valores às nossas atividades cotidianas e colaborando para a evolução dos transplantes no nosso país.

O Brasil é um dos países mais ativos em doação e transplante, considerado modelo para diversos países no mundo. O país tem hoje cerca de 45 mil pacientes aguardando um transplante; o congresso brasileiro de transplantes é o único fórum nacional que une as equipes de doação e transplante em um mesmo momento para que juntos possamos discutir os temas relevantes e necessários para impulsionar esse programa.

Compartilhe: