MENU

Aluno de Fisioterapia é aprovado para curso de verão no INCA

José Augusto Gomes ficou em terceiro lugar dos seis selecionados para estudar no Instituto do Câncer do Rio de Janeiro

às 14h29
O estudante do 5º período de Fisioterapia, José Augusto Gomes, foi aprovado no processo seletivo do INCA - Instituto do Câncer do Rio de Janeiro – para estudar, no período de 15 a 26 de janeiro de 2018, no curso “Fontes de Dados sobre Epidemiologia do Câncer”. O objetivo desta formação é de promover a integração de estudantes de graduação com as linhas de pesquisa do INCA, através de conceitos e práticas utilizados na pesquisa oncológica.
O aluno José Augusto (meio) com alguns dos professores que o ajudaram, Vinicius Minatel e Priscila Vanin
O aluno José Augusto (meio) com alguns dos professores que o ajudaram, Vinicius Minatel e Priscila Vanin
Compartilhe:

O curso será ministrado em horário integral, sendo o conteúdo teórico desenvolvido no período da manhã e o conteúdo prático, no turno da tarde. Para concluir, os alunos participantes deverão apresentar oralmente os resultados obtidos no curso prático escolhido para obtenção do certificado de participação (80h). Qualquer estudante de graduação nas áreas de Ciências da Saúde pode participar dos próximos processos seletivos.

De acordo com a coordenadora do curso de Fisioterapia, Ana Luiza Exel, será uma importante vivência para o aluno, pois esta será direcionada para a pesquisa, possibilitando a articulação dos conhecimentos adquiridos até o momento na graduação, com a prática da pesquisa.

O aluno, José Augusto Gomes, disse que as expectativas e a ansiedade são grandes. “Estou muito animado, lá irei conseguir me aprofundar no estudo da oncologia, visto que essa área tem tido a necessidade de ser estudada”, conta. Ele ainda diz que escolheu participar do curso “Fontes de Dados sobre Epidemiologia do Câncer”, pois considera necessário possuir uma base atualizada da epidemiologia, e a formação proporcionará mais capacitação.

“Eu, como acadêmico de Fisioterapia, tenho que me atualizar para desenvolver recursos e técnicas que minimizem principalmente a dor dos pacientes e diminuam suas limitações funcionais”, destaca.

Uma das mestras que o ajudou, a professora Návylla Candeia, conta que Augusto sempre foi um aluno dedicado e que há alguns anos ele já vem demonstrando interesse em participar de cursos de verão e inverno em grandes instituições nacionais.

“Ele me procurou para vermos o perfil do curso ofertado pelo INCA, a adequação à sua formação e o auxiliei na escrita da carta de intenção. Sempre muito participativo, busca ir além do que foi estudado em sala de aula. É proativo e envolvido na organização de diversos eventos na faculdade, participa de Ligas Acadêmicas e projetos de extensão; e como monitor da disciplina de biologia celular, ajuda os alunos não só no laboratório, mas também fora deste, fazendo grupos de estudos.”, diz a professora.

Ela acredita que a oportunidade também trará conhecimentos intelectuais e científicos na área do câncer – sendo esta extremamente relevante atualmente –, assim como, ajudará os discentes envolvidos a trabalharem com dados epidemiológicos, fundamentais na elaboração das estratégias públicas de saúde, de combate e prevenção à diversas doenças, como exemplo o câncer, que acometem a sociedade brasileira e mundial.

Compartilhe: