MENU

Alunas de estágio em Psicopedagogia Clínica promovem ação de intervenção

Atividade foi desenvolvida em crianças com Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH)

às 18h47
Compartilhe:

As alunas Nathalya Fernanda, Gabriele Cristine e Elisabete Cavalcante realizaram uma intervenção Psicopedagógica com a música “Pipoca”. O objetivo foi trabalhar as habilidades cognitivas e sociais de crianças que possuem Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH).

Durante o processo foram utilizados como instrumentos da atividade: I) uma garrafa pet; II) milho de pipoca, III) caixa USB e IV) papel com a descrição de algumas atividades.

Estas, por sua vez, produziram como resultado aos pacientes o desenvolvimento e aprimoramento da capacidade de percepção, atenção, assimilação, concentração e interação das crianças envolvidas, como também, as habilidades motoras e sociais.

A música tem trazido resultados significativos para o desenvolvimento cognitivo das crianças com limitações físicas e mentais, pois quando estimuladas no ambiente musical, suas relações sociais e interpessoais são trabalhadas através dos sons e da letra, que, propositalmente, são escolhidas com o objetivo de potencializar a aprendizagem da criança.

O processo de aprendizagem com a utilização da música como recurso tem o propósito de desenvolver a cognição através dos sons e dos ritmos. O corpo e seus movimentos são estimulados por sons que provocam ações, alterações e adaptações necessárias ao tratamento estabelecido.

Por Antônio Felipe – estagiário de comunicação da Pós-Graduação

Compartilhe: