MENU

Aluna de Arquitetura prolonga estadia no México para estudar

Mesmo após terremoto, Bárbara Pontes resolveu ficar mais um semestre na Universidad de Monterrey

às 20h52
O México é um país da América do Norte que, devido à sua localização, tem grande atividade sísmica. Além disso, a cultura mexicana e a arquitetura do local são muito ricas e conhecidas em todo o mundo. Por isso, a estudante Bárbara Pontes decidiu ficar mais seis meses estudando na UDEM, Monterrey, nordeste do México.
Compartilhe:

Ela conta que foi um desafio conseguir ficar mais tempo, já que o visto de estudo só é necessário se a estadia for superior a 180 dias (seis meses). “Tive que voltar para o Brasil e ir à Brasília para solicitar o visto para estudar mais um semestre”, conta Bárbara. Através do programa de Mobilidade Acadêmica, ela tem a oportunidade de cursar disciplinas que a ajudarão muito tanto academicamente, quanto profissionalmente no futuro.

“As matérias que faço são Morfologia, Herramientas Digitales para el analisis de Proyecto, Gestion de Proyecto Arquitectonico e Herramientas Digitales para el Diseno – essa ultima é de Desenho Grafico, mas eu escolhi porque serve para minha carreira, é de outros programas, como PhotoShop, Illustrator e InDesign”, diz a aluna.

Na semana santa Bárbara viajou para o sul do país, – uma das regiões que foi palco dos terremotos de fevereiro – e conta que não teve medo de uma nova incidência. Inclusive ela está amando a experiência. “Eu amo estudar no México, se pudesse eu faria toda minha carreira aqui, e não me arrependo de ter escolhido ficar mais um semestre”, acrescenta a estudante.

Compartilhe: