MENU

Acadêmicos de Medicina tem artigos aprovados em revista internacional

Publicações representam o interesse do corpo discente do curso de Medicina na pesquisa acadêmica, sob a orientação de professores orientadores

às 14h10
Compartilhe:

Os alunos do curso de Medicina do Centro Universitário Tiradentes – Unit Alagoas tiveram dois artigos aprovados para publicação na revista internacional Brazilian Journal of Development. Os trabalhos foram orientados pelo professor Doutor Jaim Simões de Oliveira e representam um interesse pela produção científica discente.

O primeiro artigo nomeado “Dor fantasma: fisiopatologia e abordagens terapêuticas” foi produzindo por Artur Bruno Silva Gomes, Felipe Jatobá Leite Nonato de Sá, Juliana Matos Ferreira Bernardo e Júlia Goncalves Ferreira. A ideia do trabalho surgiu a partir de um resumo para um evento e foi tão pertinente e complexa que o grupo optou por fazer um artigo completo para uma abordagem ampla do assunto.

“A dor fantasma é uma neuropatia crônica mentalmente debilitante que acomete indivíduos com grandes amputações de extremidades. A fisiopatologia desta percorre desde lesões nas inervações periféricas, alterações medulares e de circuitos corticais, como também, fatores psicogênicos.  A prevalência da patologia varia de 33 a 85% dos pacientes amputados, e em alguns casos evolui com persistência da dor”, explicou o discente Artur Gomes.

O outro artigo intitulado “Benefícios do Tratamento não farmacológico junto à levodopa no tratamento da Doença de Parkinson” teve autoria dos graduandos de Medicina Artur Bruno Silva Gomes, Bettyjany de Araújo Melo Granja, Katherine Pinaud Calheiros de Albuquerque Melo, Tarcísio Fernando Honório da Silva. 

A escolha do tema se deu por ser um assunto de muita relevância. “A Doença de Parkinson (DP) é uma patologia neurológica, crônica e progressiva, de causa idiopática, que atinge o sistema nervoso central e compromete os movimentos. Nesse ponto, o estudo objetivou identificar as formas de tratamento multifatoriais e de reabilitação, com vistas a proporcionar ao portador da doença uma melhora acentuada, de modo menos invasivo”, esclareceu Artur. 

Para o professor Jaim Simões o maior mérito dessas publicações é dos alunos. “Eles aprendem a buscar evidências científicas atuais em bases de dados, selecionar e organizar as informações, fazem a redação do artigo de acordo com as normas de uma revista científica, além de passarem pelo processo de submissão e resposta às críticas dos revisores”, comenta.

Ele ainda destaca que esse aprendizado não ocorre de uma hora para outra, leva tempo. “Os autores foram meus alunos nos primeiros períodos do curso de Medicina, na disciplina de Habilidades em Informática I e II que tinha como objetivo principal a elaboração de revisões bibliográficas sistemáticas integrativas. Assim, eles aprendem a elaborar artigos desde o início do curso, produzindo cientificamente e já alimentando o currículo. Isto fará diferença em provas de seleção, como a Residência Médica, após graduarem”, conclui.

SOBRE A REVISTA

A revista “Brazilian Journal of Development” (ISSN 2525-8761), é uma iniciativa de um grupo de professores brasileiros que surgiu de forma independente e com o objetivo de disseminar conhecimento na área de desenvolvimento, tanto nacional e internacionalmente.

Por Asscom Unit/AL

Compartilhe: