MENU

A narrativa afetuosa que marca a biografia de João Gilberto

Obra do jornalista Zuza Homem de Mello traz a história de vida e música de João Gilberto, um dos ícones da bossa nova

às 20h38
“Amoroso” conta a história de vida e da carreira de João Gilberto, criador da bossa nova e um dos músicos mais conhecidos em todo o mundo (Divulgação)
“Amoroso” conta a história de vida e da carreira de João Gilberto, criador da bossa nova e um dos músicos mais conhecidos em todo o mundo (Divulgação)
Compartilhe:

Com uma narrativa marcante e afetuosa, a biografia de João Gilberto, intitulada “Amoroso”, foi escrita pelo jornalista, pesquisador e produtor musical Zuza Homem de Mello (1933-2020), que era seu amigo pessoal. Nesta obra, a trajetória do músico, cantor e compositor é detalhada de forma simples, direta, sem floreios, assim como era João Gilberto Prado Pereira de Oliveira (1931- 2019). É desta forma, que a biografia soa como música para quem a lê. Fluida, harmoniosa e leve, ela percorre os caminhos do músico até chegar ao seu maior legado: a bossa nova

Tais caminhos seguem numa jornada iniciada em Juazeiro (BA), cidade natal do cantor, que passou por Salvador (BA), Rio de Janeiro (RJ), Porto Alegre (RS) – para onde João migrou no verão de 1955, em movimento menos conhecido que Zuza contribui para elucidar no livro – e abarcou Diamantina (MG) antes de voltar para o Rio de Janeiro (RJ), cidade onde fez efetivamente em 1958 a revolução que pôs o mundo da música aos pés do artista.

Em narrativa embasada em depoimentos e pesquisas, além do rico conhecimento angariado pelo autor ao longo da vida, Zuza revela bastidores de gravações de discos, analisa álbuns, explica as sutilezas do canto de João Gilberto, que com um banquinho e um violão, tornou-se um dos artistas brasileiros mais conhecidos e mais admirados em todo o mundo. 

Asscom | Grupo Tiradentes

Compartilhe: