MENU

7º Encontro Científico da Integração Ensino Serviço e Comunidade – IESC


às 20h08
O VII Encontro Científico da disciplina Integração Ensino Serviço Comunidade - IESC, do curso de Medicina do Centro Universitário Tiradentes – Unit AL acontecerá no período de 11 a 14 de novembro com o tema "Saúde Mental do Estudante de Medicina: Desafios e Perspectivas", no campus Amélia Maria Uchôa, em Cruz das Almas. Inscrições via magister.
Compartilhe:

Os Encontros promovem o intercâmbio científico das práticas desenvolvidas por alunos de medicina, do 1° ao 8º Período, nas diversas unidades de saúde da família onde os discentes desenvolvem atividades práticas no SUS. Haverão apresentações de Banner no Hall do Bloco A, pela manhã e tarde e uma Mesa Redonda com o tema “A Saúde Mental do Estudante de Medicina: Desafios e Perspectivas”, no dia 13.11, às 19 horas, no auditório.

O evento vai possibilitar um intercâmbio científico para os alunos, contribuindo na formação acadêmica e profissional de cada um deles. Permitindo um contato direto com os docentes e especialistas interessados em compartilhar conhecimentos, além de socializarem suas vivências e reflexões nas práticas da Integração Ensino Saúde e Comunidade nas Unidades Básicas de Saúdes do município de Maceió – Alagoas.

Na oportunidade os estudantes terão a chance de apresentar a temática escolhida e explanar sobre suas práticas vivenciadas nas Unidades de Saúde, durante o semestre letivo de 2019.2.

É importante destacar que, a disciplina IESC tem como escopo a integração entre discentes, profissionais dos serviços de saúde e usuários do SUS, com vistas contribuir para melhoria da qualidade de vida da comunidade e funcionamento dos serviços de saúde, tal como uma conscientização dos valores norteadores da formação médica no tocante a aquisição de uma postura holística, humanizada e um maior comprometimento com os problemas enfrentados pela população (KUABARA et al., 2014). Destaca-se o compromisso da disciplina IESC como elo entre a Universidade e os serviços de saúde, em inserir os estudantes desde o início de sua formação em cenários de prática, tornando-se coautores do que vivenciam no cotidiano dos serviços de saúde, além de realizarem uma ponte entre o que aprendem em sala de aula, com a prática experienciada nos serviços de saúde.

Compartilhe: