MENU

Contábeis: índice de empregabilidade superior a 90%

E ainda há uma demanda crescente, especialmente nas áreas tributária, cálculo de custos e de recursos humanos

às 17h54
Compartilhe:

Uma das profissões que mais crescem no País é a de contabilista. Isso porque, desde 2007, a Lei 11.638 trouxe práticas internacionais para o dia-a-dia das empresas brasileiras. Com a lei, a demanda por profissionais aumentou bastante e o perfil do contador mudou – de executor, ele passou a ser um gerenciador na tomada de decisões. Por conta disso, os profissionais disponíveis não estão suprindo as necessidades do mercado.

Cabe ao contador, além de cuidar das contas de uma empresa, coordenar e controlar os registros de negócios de uma empresa – compras, vendas, investimentos e aplicações. Ele interpreta eventos econômicos e fornece informações aos dirigentes da companhia para que tomem decisões sobre o negócio.

Engana-se quem pensa que para o bom profissional de Ciências Contábeis precisa ser expert em cálculos. Na verdade, a profissão tem uma vertente mais voltada para o Direito, já que trabalha com leis, resoluções e normas. Como, no País, as leis mudam constantemente, é necessário estar atento a essas mudanças. Um diferencial é o conhecimento em inglês, pois as diretrizes mundiais da Contabilidade são traçadas por organismos norte-americanos.

Baseado nas mudanças, a Unit trabalha voltada para a fundamentação teórica, mas também baseada nas necessidades de mercado. A formatação da matriz curricular prepara o aluno para sair com uma formação ampla. No entanto, a especialização dependerá das preferências e características de cada um.

Com um índice de empregabilidade superior a 90%, ainda há uma demanda crescente, especialmente nas áreas tributária, cálculo de custos e de recursos humanos.

CIENCIAS_CONTABEIS

Compartilhe: