MENU

Administração está entre as dez profissões de melhor empregabilidade

Curso lidera ranking de matrículas no Brasil, Segundo Censo da Educação Superior

às 13h23
Compartilhe:

Dos 7.305.977 alunos inscritos em graduações no Brasil, 886.690 – 12% do total – optaram pelo curso de Administração, segundo o Censo da Educação Superior 2013, dados mais atualizados do Ministério da Educação – MEC. O curso universitário mais procurado no País vai além do alto índice de matrículas efetivadas a cada ano. A aprendizagem voltada para a Administração tem disponibilizado ao aluno inúmeras alternativas de atuação no mercado de trabalho brasileiro e estrangeiro.

Segundo o professor Milton de Barros Freire, graduado e mestre em Administração de Empresas pela Fundação Getúlio Vargas, toda organização, seja pública ou privada, de grande ou pequeno porte, anseia pela atuação do administrador para garantir o gerenciamento financeiro, comercial, de recursos humanos ou até mesmo na área de Marketing.

Em pesquisa realizada este ano pelo grupo H&R Block, Administração é a area que apresenta os melhores índices de empregabilidade no Brasil. “Num escritório de advocacia é possível atribuir ao administrador o gerenciamento da totalidade dos processos e a intervenção de cada advogado em seus respectivos. Um administrador com visão estratégica voltada para atividade de Logística, por sua vez, também tende a ocupar espaços significativos no mercado de trabalho”, ressalta Milton.

ADM

Valorização de competências

De acordo com o professor, as competências do administrador são aproveitadas nos mais diversos níveis das empresas, garantindo também ao estudante a função de assistente administrativo enquanto galga degraus para o futuro desempenho nas gerências e até mesmo nas diretorias, a depender do porte das instituições.

“A média salarial tende a ser bastante evolutiva, sendo atribuída ao estagiário – trainee – a remuneração de R$600 para o cumprimento de quatro horas de trabalho. Já os profissionais diretores de empresas de grande porte podem receber mais de R$50 mil por mês”, acrescenta Milton Freire.

Habilidades para o sucesso

Percorrer diferentes ramos da Administração, seja de empresas, comércio exterior, hospitalar, recursos e relações humanas, exige do administrador do futuro a capacidade de trabalho em equipe. Como gestor, ele terá que motivar equipes para o desenvolvimento de atividades que mais atendem as necessidades da empresa. A carência de administradores se acentua nas áreas de Administração Pública, Finanças, Marketing, Produção, Qualidade e Tecnologia.

Compartilhe: