MENU

Último dia do Conversa de Jornalista apresenta integrante do CQC

A 5ª edição do Conversa de Jornalista chegou ao fim e debateu, durante três dias, assuntos ligados ao novo formato do jornalismo

às 20h03
O Centro Universitário Tiradentes – Unit realizou o último dia do evento conversa de Jornalista, que trouxe o integrante do Custe o Que Custar – CQC Lucas Salles e a idealizadora do projeto “Fortalece Aí”.
Compartilhe:

Logo após uma mesa redonda mediada pelo professor Roberto Amorim, a jornalista Tayana Moura subiu ao palco para falar um pouco sobre o projeto “Fortalece Aí”, que teve inicio em 2006, por causa de uma ação social no dia mundial do doador de sangue. Depois de contar como o projeto foi propagado nas mídias sociais, foi exibido um videoclipe da música “fortalece aí” do cantor e compositor alagoano, Wado, que emocionou e serviu como um “chiclete” para os ouvintes ficarem ligados na palestra. O videoclipe conta com vários artistas locais, além do Wado, Milane Hora, Marcos Bruno da banda Cifrão, Thiago Vasconcelos e Júnior Almeida fortaleceram a campanha.

A coordenadora do curso de comunicação da Unit, Valná Dantas, acrescentou e deu uma dica para os estudantes e profissionais de comunicação “Nós também podemos arrumar um espaço na nossa carreira, para dar atenção a projetos e ajudar pessoas, porque fazer o bem propaga o bem”.

Várias pessoas se identificaram com a ação social das agências In Mídia, Tengu e Id5. E se você também se identificou, conecte-se e fortalece aí, como disse a palestrante: “É muito fácil apertar um botão e compartilhar, uma hora aquele compartilhamento vira ajuda”. Você pode se conectar pelo fortaleceai.com.br, facebook.com/fortaleceai e até mesmo pelo instagram @fortaleceai

“sonho é coisa séria”

Convidado para encerrar o evento Conversa de Jornalista, o ator e repórter do Custe O Que Custar, Lucas Salles, foi recebido com grande expectativa em um auditório lotado. Prometendo uma palestra com o tema “Humor Informativo”, o ator de 22 anos mostrou dinamismo e uma grande interação com o público, que não economizou nas gargalhadas durante todo seu texto cômico e sarcástico que já é típico de seu trabalho.

Lucas pincelou toda sua trajetória desde a infância humilde no Rio de Janeiro, sua participação no cinema e estouro no Youtube, até hoje onde é repórter do humorístico semanal da Band. Abusando da linguagem informal e politicamente incorreta, identificou e criou personagens brincando com a plateia, o que rendeu boas (e sujas) piadas durante todo o encontro.

Dividindo sua palestra em três atos, dissertou sobre a necessidade do sonho, do bom-humor e da liberdade em fazer o que for preciso para ser feliz. Citando frequentemente nomes como Nelson Rodrigues, Raul Seixas, Zé Ramalho e até trechos famosos do “Pequeno Príncipe”, explicou a importância da persistência e da motivação atrás do objetivo.

Com pouco mais de uma hora de duração, Lucas Salles encerrou sua participação no evento abrindo uma rodada de perguntas que variaram entre a sua transição da dramaturgia para o jornalismo, sua posição política e até sobre o seu futuro, o qual afirmou desejar mergulhar de vez na comunicação e criar um programa para o público adolescente na TV aberta. “Quase um Programa Livre moderno, mas sem o apresentador de 60 anos”, brincou.

A 5ª edição do Conversa de Jornalista chegou ao fim e debateu, durante três dias, assuntos ligados ao novo formato do jornalismo. Tendo como tema principal “Conecte-se”, o evento recebeu estudantes, profissionais e professores de outras e da própria instituição.

Texto especial pelos alunos de jornalismo: Rafael Guedes e Felipe Moreno

Confira todas as fotos aqui. 

Compartilhe: