MENU

Trote Solidário mobiliza comunidade acadêmica para cadastro de medula óssea

Ação é voltada para toda comunidade acadêmica da Unit

às 14h00
Com a aproximação das festas carnavalescas a busca por doadores de medula óssea aumenta consideravelmente e pensando nisso o curso de Direito do Centro Universitário Tiradentes – Unit realiza um Trote Solidário “Dei Sangue, passei, Sou Unit”. O Hemocentro de Alagoas – Hemoal disponibilizou uma equipe de captação para realizar cadastro de futuros doadores de medula óssea, nesta quarta-feira, 22, das 8h ás 12h.
Compartilhe:

A ação é voltada para toda comunidade acadêmica da Unit e também visa integrar calouros e veteranos. O candidato à doação de medula óssea pode ser qualquer pessoa com idade entre 18 e 55 anos, que tenha boa saúde. Ela é retirada do interior dos ossos da bacia, através de punções, e se recompõe em apenas 15 dias.

Todos os dados são organizados nos Registros de Doadores de Medula Óssea, cuja função é cadastrar pessoas dispostas a doar. Quando um paciente necessita de transplante, esse cadastro é consultado. Se for encontrado um doador compatível, ele será convidado a fazer a doação.

O processo de doação é muito simples. Será retirada por sua veia uma pequena quantidade de sangue (10 ml) e preenchida uma ficha com informações pessoais.

Seu sangue será tipado por exame de histocompatibilidade (HLA), que é um teste de laboratório para identificar suas características genéticas que podem influenciar no transplante. Seu tipo de HLA será incluído no cadastro. Quando aparecer um paciente, sua compatibilidade será verificada. Se você for compatível com o paciente, outros exames de sangue serão necessários. Se a compatibilidade for confirmada, você será consultado para decidir quanto à doação. Seu atual estado de saúde será então avaliado.

A doação é um procedimento que se faz em centro cirúrgico, sob anestesia peridural ou geral, e requer internação por um mínimo de 24 horas. Nos primeiros três dias após a doação, pode haver desconforto localizado, de leve a moderado, que pode ser amenizado com o uso de analgésicos e medidas simples. Normalmente, os doadores retornam às suas atividades habituais depois da primeira semana.

 

Compartilhe: