MENU

Aula Inaugural do Mestrado em Sociedade, Tecnologias e Políticas Públicas

Conferencista Djalma Thürler falou sobre a interdisciplinaridade, o pensamento complexo e o diálogo transcultural de saberes

às 10h41
Nesta última segunda-feira, 3, aconteceu a Aula Inaugural do Mestrado em Sociedade, Tecnologias e Políticas Públicas. O evento foi realizado no auditório I, do bloco C, localizado no campus Amélia Maria Uchôa, em Cruz das Almas.
Compartilhe:

A aula teve como público alvo os 30 alunos de mestrado, das turmas de 2016 e 2017, os professores do curso, docentes da UNIT/AL, alunos de iniciação científica e convidados. Estiveram presentes coordenadores de Curso de Graduação da UNIT/AL, a Diretora de Pesquisa da UNIT/SE, Drª Juliana Cardoso, a Coordenadora do Programa de Pós-graduação em Saúde e Ambiente da UNIT/SE, Drª Cláudia Melo, a Coordenadora de Pesquisa, Pós-Graduação e Extensão, Drª Daniela Kabengele, a Coordenadora do Mestrado em Sociedade, Tecnologias e Políticas Públicas da UNIT/AL, Drª Veronica Marques e a Coordenadora de Pesquisa da UNIT/AL, professora Monica Melo. A abertura da Aula Inaugural foi conduzida pelo Magnífico Reitor da UNIT/AL, Professor Dario Arcanjo.

A conferência intitulada “Decolonizar a Universidade: a interdisciplinaridade, o pensamento complexo e o diálogo transcultural de saberes” foi proferida pelo Dr.  Djalma Thürler – UFBA.

O conferencista explicou o conceito inicial da conferência: Decolonizar. “A expressão decolonial tem sido utilizada por um grupo de pesquisadores latino-americanos em Humanidades que procura responder às lógicas da colonialidade do poder, ser e saber, apostando em outras experiências políticas, vivências culturais, alternativas econômicas e produção do conhecimento obscurecidas, destruídas ou bloqueadas pelo ocidentalismo, eurocentrismo e liberalismo dominantes. Concebe a importância da interação entre teoria e prática, buscando dialogar com a gramática das lutas sociais, populares e subalternizadas dos povos que compuseram e compõem a invenção da ideia de América Latina. Mas é importante afirmar que decolonialidade  não deve ser confundida como mera descolonização, pois, esta última, em termos históricos e temporais, indica apenas a superação do colonialismo; por seu turno, a ideia de decolonialidade procura transcender a colonialidade que permanece operando ainda nos dias de hoje em um padrão mundial de poder”, comentou.

Djalma Thürler é Investigador Pleno do Centro de Pesquisa Multidisciplinar em Cultura – CULT, da UFBA, Investigador Associado do Centro Latino-Americano de Estudos em Cultura – CLAEC e Investigador Colaborador do Instituto de Literatura Comparada Margarida Losa – ILCML, da Universidade do Porto (Portugal). É diretor artístico e dramaturgo do Ateliê Voador Companhia de Teatro (http://www.atelievoadorteatro.com.br/). Possui estágio de Pós-Doutoramento em Literatura e Crítica Literária pela PUC São Paulo. É Professor permanente do Programa Multidisciplinar de Pós-Graduação em Cultura e Sociedade e Professor Adjunto do Instituto de Humanidades, Artes e Ciências (IHAC) da Universidade Federal da Bahia. É Doutor em Letras com estudos nas áreas de Literatura Brasileira e Teatro (UFF), Mestre em Ciência da Arte (UFF) e Bacharel em Artes Cênicas e em Pedagogia, pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNI-RIO). Tem experiência na área de Artes, Direção Teatral, Literatura Brasileira, Dramaturgia e Produção cultural. Coordena o CuS – grupo de Pesquisa em Cultura e Sexualidade (UFBA).

Entre os convidados que prestigiaram a Aula Inaugural estavam: Dr. Haroldo Ferreira (Programa de Pós-Graduação em Nutrição/UFAL); Drª Anabele Lages e Drª Marina Melo (Programa de Pós-Graduação em Sociologia/UFAL); Dr. Rubens Madi (Programa de Pós-graduação em Saúde e Ambiente – UNIT/SE);  Dr. Roberto Jorge Vasconcelos (UNIT/AL – UFAL) e Alan Balbino (Presidente da Companhia Municipal de Administração, Recursos Humanos e Patrimônio/Maceió).

Compartilhe: